Nick Cave Confirma Novo Álbum “Carnage”

Nick Cave Confirma Novo Álbum “Carnage”

Redacção

Nick Cave revelou que tem estado a trabalhar com Warren Ellis num novo álbum dos Bad Seeds chamado “Carnage”.

Depois de cancelar a sua já remarcada tournée de 2021 no Reino Unido e na Europa devido à propagação do coronavírus, Nick Cave esteve à conversa com os fãs e revelou sentir que agora é «a oportunidade de fazer um balanço» e «tempo de fazer um novo disco».

Escrevendo no seu website The Red Hand Files, Cave confirmou que tem estado em estúdio com o colaborador regular e colega de banda nos Bad Seeds Warren Ellis para compor o sucessor do aclamado “Ghosteen”, de 2019.

Em resposta à curiosidade de um fã chamado Tobias sobre como Cave passou o último ano, o compositor australiano contou como foi a sua experiência de vida sem estrada e falou sobre o trabalho com o resto dos seus companheiros de banda, antes de confirmar o novo álbum.

«Em muitos aspectos, o confinamento pareceu-me estranhamente familiar, como eu já o tinha experimentado antes», começou por escrever Cave, continuando. «Acho que isto não deve ser uma surpresa, pois fui viciado em heroína durante muitos anos e o auto-isolamento e o distanciamento social foram o nome do jogo. Também conheço bem a mecânica do luto – o luto colectivo funciona de uma forma assustadoramente semelhante ao luto pessoal, com a sua confusão sombria, profunda incerteza e perda de controlo. Para mim, o confinamento parece uma versão mandatada pelo Estado de mais do mesmo – uma formalização do tipo de comportamento eremita ao qual sempre fui predisposto e, assim, por mais difícil que tenha sido ver a devastação e angústia causadas pela pandemia – inclusive às vidas dos que me são próximos, e a muitos que escreveram em The Red Hand Files – tenho-me portado bem».

O artista revelou ainda muitas saudades do palco e da azáfama natural das digressões: «Estou surpreendido, no entanto, com o quão difícil tem sido não poder tocar ao vivo. Há um terrível anseio e uma sensação de uma vida a ser meia-vida. Sinto falta da emoção de subir ao palco, da pressa da actuação, onde todas as outras preocupações se dissolvem numa pura inter-relação animal com o meu público».

Outra coisa de que Cave revelou sentir falta é da companhia da sua banda. «Sinto falta da completa rendição ao momento, da perda de si próprio, do frenesim alimentar do amor comunitário, da religião, da gloriosa troca de fluidos corporais – e dos Bad Seeds, claro, em todo o seu imprudente esplendor, de como sinto falta deles. Por muito que estar sentado atrás da minha secretária possa trazer-me muita alegria, e a imaginação possa ser um lugar estimulante, mesmo perigoso, anseio pelo abandono irresponsável da actuação ao vivo».

Mas como a vida é feita de presente e de futuro, Nick Cave lá acabou por revelar a grande novidade, tal como prometera na última conversa com os fãs. «De qualquer modo, como prometido na minha última edição, tenho estado em estúdio com Warren [Ellis] para fazer um disco. Chama-se “Carnage”».

“Carnage” será o 18º álbum de estúdio de Nick Cave & The Bad Seeds e ainda não tem data de edição prevista.

No ano passado, Nick Cave lançou o filme ao vivo e o álbum ‘Idiot Prayer’, gravado como um espectáculo a solo no Palácio de Alexandra, em Londres, e que podes ouvir na íntegra aqui.

Enquanto “Carnage” não chega, assiste ao vídeo de “Euthanasia”, canção escrita durante a composição de “Skeleton Tree”, mas que acabou por ser somente revelada durante o concerto livestream de Nick Cave “Idiot Prayer”.

EGITANA