Nick Mason Pretende Criar um Museu do Rock

Nick Mason Pretende Criar um Museu do Rock

Nero

Nick Mason, o eterno baterista dos Pink Floyd, apresentou a ideia de transformar uma antiga esquadra de Hampstead num museu de rock.

O edifício foi comprado pelo Departamento de Educação do Reino Unido, com o propósito de ser convertido numa escola primária. No entanto, essa proposta foi rejeitada e o espaço do próspero bairro londrino tem permanecido desocupado.

Nick Mason pretende vê-lo transformado num museu dedicado à música rock e apresentou a ideia ao jornal local New Journal. «Temos a Keats House e a Fenton House. Já há coisas para fazer, mas quantas mais melhor. Seria bom ter algo um pouco mais contemporâneo que algo da era georgiana».

A ideia chegou a Mason através de Jill Furmanovsky, fotógrafa dos Pink Floyd desde há muito. A veterana profissional é a gestora do “Rock Archive”, um colectivo fotográfico que exibe várias imagens musicais icónicas, e tem movido influência junto das autoridades locais para desenvolver o projecto.

Furmanovsky acredita que o edifício poderia ser um centro para exposições artísticas, além de poder ser um espaço educativo e para a promoção de novos artistas. Diz Mason: «Com a ideia de Jill, trata-se de reconhecer o passado, mas também a oportunidade de poder ajudar financeiramente bandas jovens. Houve uma era dourada em que as coisas eram mais fáceis para as bandas se poderem sustentar. É muito difícil actualmente. As pessoas tendem a pensar que a música te permite ter um Rolls-Royce, mas a maioria dos músicos ficaria feliz apenas por poder viver do seu trabalho».

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.