O novo álbum de Júlio Resende

O novo álbum de Júlio Resende

Redacção

Júlio Resende lançará o sucessor de “Amália” já no próximo mês de Outubro. No âmbito desse novo disco concebeu um espectáculo original para o Grande Auditório do CCB. O concerto acontecerá no dia 28 de Novembro.

Sobre o disco ainda se mantém o mistério. Sobre o concerto pode-se dizer que juntará «três países no mesmo palco! Júlio Resende, Sílvia Pérez Cruz e Moreno Veloso. Três músicos apaixonados pela arte. Pela canção. Pela invocação». A Valentim de Carvalho refere em press:

Júlio Resende recebeu a herança de Amália e dos seus dedos saiu uma nova abordagem ao fado. Sílvia Pérez Cruz é neste momento referenciada como uma das mais extraordinárias cantoras que Espanha já conheceu, visceral, autêntica, como Amália em Portugal. Moreno Veloso é o herdeiro dos deuses do samba, entre eles, seu pai, Caetano Veloso. Moreno tem um talento notável para a composição de canções e para as fazer vibrar na voz de um modo tão carinhoso e profundo como os seus antepassados.

Vinícius de Moraes dizia que “Para fazer um samba com beleza/É preciso um bocado de tristeza”. Quanta tristeza faz samba? E a alegria, também faz fado?

Três formas distintas de cantar e que a partir da originalidade do pianista Júlio Resende, que viu o seu último disco agraciado com 5 estrelas – Choc Disc, pela CLASSICA FRANCE, revista que considera os melhores instrumentistas do mundo – e que no Centro Cultural de Belém fará juntar três músicos distintos no mesmo palco, “essa pequena porção de espaço em que cada artista cria um mundo”, diz Resende.

EGITANA