Os 20 Álbuns Favoritos de Tom Waits

Os 20 Álbuns Favoritos de Tom Waits

Redacção

De Frank Sinatra a Captain Beefheart, Tom Waits listou os seus 20 álbuns favoritos de todos os tempos. A playlist pode ser ouvida aqui.

Há, provavelmente, poucas pessoas que gostaríamos que nos sugerissem os seus 20 álbuns preferidos de todos os tempos. Mas a coisa muda de figura se falarmos das escolhas do autor de “Mule Variations”.

Através de um artigo publicado na Far Out Magazine, ficámos a saber quais são os discos preferidos de Waits, num lote de escolhas equilibradas, feito de álbuns bem construídos, alguns deles icónicos, outros nem tanto, mas todos ricos e com aquela textura sónica que transformou o próprio Tom Waits numa estrela à escala planetária.

O músico – que um dia afirmou: «A minha realidade precisa de imaginação como uma lâmpada precisa de uma tomada e a minha imaginação precisa da realidade como um cego precisa de uma bengala», – apresenta então a sua playlist quase perfeita, que contempla nomes tão variados como Rolling Stones ou Frank Sinatra, Thelonious Monk ou The Pogues, entre muitos outros, todos insuspeitos. Uma colecção de discos que o músico tem carregado desde os seus primeiros dias de trabalho.

Tendo começado a sua carreira principalmente como músico de jazz nos anos 1970, é pouco surpreendente que Waits tenha decidido incluir Thelonious Monk nesta lista. «Não há nenhuma nota errada, tem que ver com a forma como resolve», disse uma vez Tom Waits, sobre Monk, ao The Guardian.

Igualmente inspirado por Bob Dylan e pela Beat Generation – «Dylan é tão essencial como um martelo, pregos e uma serra são para um carpinteiro» -, Waits mudar-se-ia mais tarde para Los Angeles, onde assinaria o seu primeiro contrato de gravação com a Asylum Records. O desenvolvimento do som de Waits aproximar-se-ia gradualmente do rock, blues e géneros experimentais, pelo que era igualmente de prever a inclusão de Captain Beefheart nesta lista. «O diamante mais bruto da mina, as suas invenções musicais são feitas de osso e lama», disse Waits sobre “Trout Mask Replica”, de 1969.

Mas, mais do que palavras, fiquemos com a música. A seguir, a lista dos 20 álbuns e respectivos compositores e a playlist que podes ouvir mais abaixo.

“In the Wee Small Hours” – Frank Sinatra / “Solo Monk” – Thelonious Monk / “Trout Mask Replica” – Captain Beefheart / “Exile On Main Street” – The Rolling Stones / “The Sinking of the Titanic” – Gavin Bryers / “The Basement Tapes” – Bob Dylan / “Lounge Lizards” – Lounge Lizards / “Rum Sodomy and the Lash” – The Pogues / “I’m Your Man” – Leonard Cohen / “The Specialty Sessions” – Little Richard / “Startime” – James Brown / “Bohemian-Moravian Bands” – Texas-Czech / “The Yellow Shark” – Frank Zappa / “Passion for Opera” – Aria / “Rant in E Minor” – Bill Hicks / “Prison Songs: Murderous Home” – Alan Lomax Collection / “Cubanos Postizos” – Marc Ribot / “Houndog” – Houndog / “Purple Onion” – Les Claypool / “The Delivery Man” – Elvis Costello

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA