Óscares: os nomeados das categorias de som

Óscares: os nomeados das categorias de som

Tiago Varzim

Quem ganhará o Óscar para Melhor Canção Original a 22 de fevereiro na cerimónia apresentada por Neil Patrick Harris? Descobre aqui quem está em competição para fazeres a tua previsão dos prémios mais importantes para a 7ª Arte.

Everything Is Awesome – O Filme Lego (Shawn Patterson)
Vamos começar pela canção mais… infantil. “Everything Is Awesome” é a música cheia de auto-tune que viciou as crianças que viram o “The Lego Movie“. A música é trazida pela dupla Tegan and Sara, em colaboração com o projeto de Andy Samberg, The Lonely Island. Só mesmo ouvido:

Glory – Selma (John Stephens e Lonnie Lynn)
Lançado no final de 2014 nos EUA (só a 9 de janeiro é que esteve disponível em todo o mundo), Selma conta a história de Martin Luther King, Jr – o homem que acreditava que um sonho pode mudar o mundo. “Glory” resulta da parceria entre John Legend e o rapper Common. A música ganhou o Globo de Ouro para Melhor Canção Original o que é um bom prenúncio para os Óscares.

Grateful – Beyond The Lights (Diane Warren)
A britânica Rita Ora dá voz a “Grateful“, a theme-song de “Beyond The Lights” escrita por Diane Warren. A música foi lançada em outubro do ano passado, mas foi agora reconhecida como uma das nomeadas ao Óscares, tendo a vantagem de ser uma balada, o que agrada à Academia, apesar de Ora não ser um grande nome da música.

I’m Not Gonna Miss You – Glen Campbell – I’ll Be Me (Glen Campbell e Julian Raymond)
A tão adorada música country nos EUA vê-se aqui representada pelo cantor Glen Campbell. Campbell compôs com Julian Raymond a theme-song do seu documentário – Glen Campbell: I’ll Be Me – que conta a sua carreira no country.

Lost Stars – Begin Again (Gregg Alexander e Danielle Brisebois)
O vocalista dos Maroon 5 é a voz de “Lost Stars“, lançada em junho do ano passado. A canção principal de “Begin Again” mostra outra faceta de Adam Levine: mais calmo do que nos singles da banda, Levine mostra-se ao público de guitarra a cantar uma balada de amor.

Descobre aqui os restantes nomeados das categorias de som nos Óscares 2015:

MELHOR BANDA SONORA
«O Grande Hotel Budapeste», Alexandre Desplat
«O Jogo da Imitação», Alexandre Desplat
«Interstellar», Hans Zimmer
«Mr. Turner», Gary Yershon
«A Teoria de Tudo», Jóhann Jóhannsson

MELHOR MONTAGEM DE SOM
«Sniper Americano», Alan Robert Murray e Bub Asman
«Birdman», Martín Hernández e Aaron Glascock
«O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos», Brent Burge e Jason Canovas
«Interstellar», Richard King
«Invencível», Becky Sullivan e Andrew DeCristofaro

MELHOR MISTURA DE SOM
«Sniper Americano», John Reitz, Gregg Rudloff e Walt Martin
«Birdman», Jon Taylor, Frank A. Montaño e Thomas Varga
«Interstellar», Gary A. Rizzo, Gregg Landaker e Mark Weingarten
«Invencível», Jon Taylor, Frank A. Montaño e David Lee
«Whiplash – Nos Limites», Craig Mann, Ben Wilkins e Thomas Curley