OUT///FEST está de regresso a Cascais

OUT///FEST está de regresso a Cascais

Redacção

A 4ª edição do Electronic sun festival dá o arranque para mais um Verão recheado de música e muita animação nos dias 25 e 26 de Maio no Parque Marechal Carmona em Cascais.

O OUT///FEST 2019 é organizado pela NCS em parceria com a Câmara Municipal de Cascais e com o apoio da SOMERSBY. Este ano, o festival está ainda associado a duas das mais prestigiadas produtoras do país no que diz respeito à música eletrónica: A Fuse e a Bloop. No sábado, a música terá a assinatura da Bloop, enquanto o Domingo será exclusivo da Fuse.

Para além de uma área exclusivamente dedicada às crianças, onde se mantém os insufláveis, o evento faz-se completar com a presença de vários nomes reconhecidos, distribuídos pelo palco principal e secundário. A zona dedicada à Street Food é ainda uma paragem obrigatória para os apreciadores de uma boa refeição.

O palco principal preserva o mesmo formato dos anos anteriores, onde o estilo musical vai desde a linha soul à eletrónica, progredindo consoante o horário. O palco secundário, próximo da zona das crianças, adopta um estilo mais groovie e funky, num formato “silent garden” até às 20h.

A 25 de Maio, primeiro dia do festival, destacam-se no palco principal, nomes como dOP – uma banda que utiliza a música eletrónica de dança para apresentar um Live Act eloquente e carismático; Simian Mobile Disco – uma dupla inglesa autora do single de sucesso “The county”; Diana Oliveira – dj que integra um dos projetos mais interessantes do “underground” nacional; Elless & Benn; Cruz; Magazino, entre outros. No mesmo dia, no palco secundário, as atenções vão para Afonso; Señor Pelota; e Cumbadélica – um projeto que junta culturas e pessoas de diferentes regiões do mundo, onde o cosmos e a magia se dissolvem com a música.

O segundo dia de festival, 26 de maio, destaca no palco principal Guti – um artista argentino que vive a dar outro significado ao Jazz e ao Rock nas suas atuações; MANDY – uma dupla berlinense de sucesso de música eletrónica; Analog Music Project – um espetáculo que utiliza instrumentos musicais elétricos antigos; Zé Salvador; Gilvaia; entre outros nomes do mundo da música eletrónica. No mesmo dia, no palco secundário, o protagonismo é de Sonidera; John Player Special; e ainda Mojo & Rosso Discos, uma dupla que desarma corações, com temas sedutores de soul, funk, disco e hip-hop.

Para prolongar os dias de dinâmica musical, o festival introduz ainda uma novidade: duas festas, ao final de tarde, na quinta e sexta-feira antecedentes ao evento principal, das 17h às 22h, com entrada gratuita. Enquanto que na quinta-feira o foco destina-se a um showcase da Bloop, nas Piscinas Oceânicas do Tamariz, na sexta-feira as atenções centram-se num showcase da Fuse, no Anfiteatro da Casa da Guia.

O bilhete diário custa 15€ e o passe para os dois dias 25€.

Para mais informações consulte o site do festival em outfest.pt.