Pai de Lars Ulrich Lança Álbum aos 92 Anos de Idade [Streaming]

Pai de Lars Ulrich Lança Álbum aos 92 Anos de Idade [Streaming]

Redacção

Torben Ulrich, pai do baterista dos Metallica, lançou um novo álbum chamado “Oakland Moments” via Bandcamp.

O pai do baterista dos Metallica lançou um novo álbum aos 92 anos de idade, numa combinação entre ‘spoken word’ e arranjos de violoncelo por Lori Goldston. Ao longo de sete temas, Torben Ulrich recita textos como camadas sobrepostas ao suave violoncelo de Lori Goldston, resultando numa experiência relaxante.

O facto de Torben estar a lançar nova música aos 92 anos de idade não é assim tão surpreendente, uma vez que tem mantido uma presença muito activa no mundo da arte dinamarquesa como poeta, músico, jornalista, pintor, cineasta e como tenista. Todas estas inspirações infiltram-se nas palavras ouvidas em “Oakland Moments”, bem como aspectos espirituais de «alquimia, dança, estudos de yoga, budismo, cabala, sufismo, taoísmo, etc.».

O engenheiro de gravação Zachary Watkins recordou a presença de Torben durante as sessões: «A energia de todos era palpável, especialmente dos dois artistas. Enquanto corria pelo estúdio certificando-me que a sessão seria um sucesso, Torben pediu gentilmente que eu parasse, me sentasse e relaxasse. Percebi imediatamente que estava a lidar com um homem imenso. Partilhou histórias da sua juventude como tenista na Dinamarca e das artes em geral. Procedi à colocação de microfones de frente para os instrumentos dos artistas (voz, violoncelo) e gravei duas horas de som potente. Torben canta a sua voz falada. Estava imerso numa colaboração tão sensível, frágil e, no entanto, absolutamente enraizado no amor e no respeito».

Lars Ulrich não se conteve de orgulho e publicou um post no Instagram para felicitar o seu pai: «92 anos e apenas a começar (…)». Carrega no play para ouvires “Oakland Moments” integralmente.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.
EGITANA