Pedro Abrunhosa e Fernando Rocha nos Primeiros Eventos-Teste em Braga

Pedro Abrunhosa e Fernando Rocha nos Primeiros Eventos-Teste em Braga

Redacção

Pedro Abrunhosa e o humorista Fernando Rocha vão ser os protagonistas dos primeiros eventos-teste, nos dias 29 e 30 de Abril, no Altice Forum Braga. O teste à Covid-19 é gratuito, mas obrigatório. Do sucesso destes eventos depende a retoma de grandes festivais.

Na Quinta-feira, dia 29 de Abril, pelas 20h00, Fernando Rocha realizará um espetáculo de stand-up comedy, contando com a companhia do humorista Bracarense João Seabra e com Pedro Neves.

O espetáculo terá lugares sentados e previamente marcados. Já na Sexta-feira, dia 30 de abril, pelas 20h00, Pedro Abrunhosa regressa ao palco naquele que será o primeiro concerto com público em pé desde o início da pandemia em Portugal.

Os dois espetáculos terão ainda fins solidários, com o custo dos bilhetes (valor simbólico de dois euros) a reverter na totalidade para a CERCI Braga, uma organização sem fins lucrativos que se dedica ao apoio a pessoas com deficiência.

Os ingressos estão à venda em exclusivo na Ticketline, para o espetáculo de Fernando Rocha, aqui e para o concerto Pedro Abrunhosa, aqui, sendo o agendamento dos testes de despiste à COVID-19 feito a partir desta mesma plataforma. Além da necessidade de apresentar teste com resultado negativo, os espectadores deverão utilizar máscara.

A iniciativa é promovida pela Associação de Promotores de Espetáculos, Festivais e Eventos, em parceria com o Município de Braga, InvestBraga e Cruz Vermelha Portuguesa.

É a segunda vez que na Península Ibérica se realizam estes espetáculos-piloto, depois do concerto da banda Love of Lesbian em Barcelona, que juntou cerca de cinco mil pessoas.

Tal como revelou a ministra da Cultura, Graça Fonseca, numa entrevista à SIC, os espetáculos contarão, cada um deles, com 400 espectadores. «O nosso compromisso é de abrir os eventos culturais como eles encerraram e, a partir daqui, trabalhar para identificar as condições de progresso de podermos estar em eventos ao vivo. Sempre, naturalmente, de acordo com a evolução da pandemia», explicou Graça Fonseca, ressalvando que do sucesso destes eventos depende a retoma de grandes festivais. «É importante fazermos estes eventos-teste. Outros países fizeram. A nossa vizinha Espanha fez. É importante fazê-lo. Vai ser possível à Direção-Geral da Saúde depois fazer a avaliação das pessoas que estiveram nestes eventos», acrescentou a ministra.

QUEM PODE PARTICIPAR:
– Exclusivo a residentes em Portugal
– Faixa etária de 16 a 65 anos
– Não tenha estado infectado nos últimos 30 dias
– Não pertençam a nenhum grupo de risco
– Não tenham estado em contacto com infectados nos últimos 14 dias
– Não Tenham contacto regular com pessoas de risco
– Aceitam realizar no dia do evento um Teste Rápido de Antigénio por colheita de exsudado nasofaríngeo
– Entrada permitida apenas a quem testar negativo
– Direito a reembolso se testar positivo
– Consentimento para tratamento de dados / permissão de contacto pela DGS

EGITANA