“Perde” mindinho em rave e continua a dançar

“Perde” mindinho em rave e continua a dançar

Timóteo Azevedo

Um jovem participava numa rave ilegal, quando um pequeno incidente o fez perder o dedo mindinho.

Uma festa ilegal em Londres, em East Croydon, fez com que milhares de jovens se deslocassem para o local para desfrutar da rave marcada. A dada altura, entre esses milhares, um jovem de 16 anos entusiasmado, sob o pano de fundo dos gritos de incentivo dos que o rodeavam, tentava arrancar um alarme de incêndio que tinha começado a tocar. Ao tentar a proeza, fica alarme de incêndio e vai mindinho.

“Eu estava completamente sóbrio na altura. Eu saltei, agarrei-o [alarme de incêndio], e o meu dedo mindinho ficou preso na grelha, porque estava toda estragada, e ao descer o meu mindinho foi completamente cortado.” Disse “Josh”, nome fictício, em entrevista à Vice. “Eu estava com tantas dores e completamente em choque que a primeira coisa de que eu dei conta foi a batida e os graves. O baixo estava forte, por isso rasguei a minha camisola, amarrei-a à volta do dedo e apertei-a bem, e ainda fiquei a curtir mais meia hora.”

Está ainda associada à mesma festa a morte de um jovem, que a polícia acredita estar relacionada com o consumo de drogas. Foram feitas dezenas de detenções nessa noite relacionadas com posse de droga, lavagem de dinheiro, e outros crimes violentos.

Este tipo de raves ilegais, muitas vezes realizadas em armazéns abandonados, são eventos frequentes em Londres, e têm registado uma nova mobilização graças às redes sociais. A entrega de panfletos na rua passou à marcação de eventos no Facebook que podem atingir um maior número de pessoas.

EGITANA