Podcast Guns N’ Roses: Da Ascensão ao Apetite Pela Destruição

Podcast Guns N’ Roses: Da Ascensão ao Apetite Pela Destruição

Redacção

Marc Canter, que cresceu como um dos melhores amigos de Slash e Axl Rose, prepara-se para lançar um podcast de vídeo chamado “GN’R: The First 50 Gigs”.

Enquanto não chega o filme, só há rumores disso, talvez isto seja a next best thing. «Abrangente e multifacetado», o novo podcast em vídeo não tem ainda data de lançamento apontada, sabendo-se apenas que «será no início deste ano» e que fornece relatos em primeira mão da história da origem dos Guns N’ Roses, a sua ascensão na Sunset Strip e a composição de “Appetite For Destruction”.

Marc Canter fotografou toda a jornada da banda na Sunset Strip, começando com as bandas de garagem de Slash em 1981 e terminando quando os GN’R lançam “Appetite” e partem depois na primeira digressão internacional com os The Cult, em 1987.

Jason Porath, que havia sido o braço direito na co-escrita do livro de Marc Canter “Reckless Road”, a única biografia autorizada da banda, será o anfitrião desta série e, juntamente com o fornecimento de uma perspectiva única sobre os seus primeiros 50 concertos, partilhará conteúdos apenas disponíveis no imenso arquivo de Marc, como é o caso do espólio pessoal que deu origem ao livro editado em 2008.

Quando o fotógrafo adolescente e amador Marc Canter partiu para documentar a ascensão do seu melhor amigo Saul Hudson como guitarrista de rock em 1981, nunca imaginou que estava a documentar a génese da próxima grande banda de rock ‘n’ roll. O seu amigo tornou-se o lendário guitarrista Slash e Canter testemunhou a criação de uma das maiores bandas de sempre.

As fotografias contidas na biografia “Reckless Road: Guns N’ Roses And The Making Of Appetite For Destruction”, tiradas quando a banda fez uma digressão em 1985-1987 e fez o lendário álbum “Appetite For Destruction”, captam as suas actuações cruas, de suor e sangue, bem como os seus momentos íntimos.

Contendo recordações originais de concertos, incluindo posters de espectáculos, bilhetes, setlists, recortes de imprensa e letras manuscritas, bem como entrevistas em profundidade com membros da banda e as pessoas mais próximas deles, “Reckless Road” oferece uma perspectiva explícita, na primeira pessoa, que os leitores não encontrarão em mais lado algum. Originalmente publicado na América em 2008, “Reckless Road” contém entrevistas com Slash, Duff McKagan e Steven Adler, assim como com groupies, produtores e antigos gestores e companheiros de banda.

Em 2016, Marc Canter disse ao Daily Mail que a reunião dos Guns concretizou-se apenas graças à mediação de Duff McKagan para a obtenção de um acordo de paz entre Slash e Axl – mas só depois de Slash ter deixado a sua mulher Perla Ferrar, com quem esteve 13 anos. Canter explicou: «Duff estava novamente a trabalhar com Axl e foi um bom intermediário. Não houve mais ninguém que se tenha comunicado com Slash e Axl. Quando Axl estava a desabafar sobre Slash, Duff foi capaz de o ajudar a ver as coisas através dos olhos de Slash».

McKagan foi ainda fundamental para conseguir que ambos os ex-companheiros, que não falavam desde 1996, assinassem uma série de acordos de licenciamento musical que exigiam ambas as assinatura. No entanto, Perla, que tinha gerido a carreira a solo de Slash e era um executivo nas suas várias empresas, impediu uma verdadeira reunião. Marc Canter alegou também que a banda se separou originalmente porque Slash e Duff escreveram uma dúzia de novas canções por volta de 1995 e Axl recusou-se a cantar em todas elas, excepto em três ou quatro, levando Slash a prosseguir uma carreira a solo.

O podcast “GN’R: The First 50 Gigs” será portanto uma oportunidade única para os fãs reviverem toda a história daquela que foi considerada, um dia, a ‘Banda Mais Perigosa do Mundo’. Os dois primeiros episódios do podcast já foram gravados e estão em pós-produção, sendo que podes assistir a um excerto do episódio inaugural no post que se segue.