Produtor Bob Rock Vende Direitos De Mais De 40 Canções

Produtor Bob Rock Vende Direitos De Mais De 40 Canções

Redacção

O produtor Bob Rock vendeu a sua participação em mais de 40 canções, incluindo faixas do “Black Album”, dos Metallica.

Bob Rock é o mais recente de uma já longa lista de músicos e produtores que estão a vender a totalidade ou parte dos seus catálogos.

«A amplitude dos enormes sucessos de Bob Rock é quase impossível de igualar por qualquer criador na história da música», disse o fundador do Hipgnosis Songs Fund, Merck Mercuriadis, o novo dono do catálogo do mítico produtor. «Desde “Black Album” até “Christmas”, de Michael Bublé, Bob Rock produziu alguns dos maiores álbuns de todos os tempos».

«Pus o meu coração e alma nestas gravações», disse, por sua vez, Bob Rock. «Sei o quanto a Merck [Mercuriadis] adora música, por isso foi um negócio fácil de montar».

A compra mais importante da Hipgnosis até agora envolveu Neil Young, que vendeu 1.180 canções à empresa num negócio que se diz valer cerca de 150 milhões de dólares.

O negócio com Neil Young surgiu após a empresa ter adquirido os direitos do catálogo do antigo vocalista dos Fleetwood Mac Lindsay Buckingham, bem como os direitos do produtor Jimmy Iovine.

Outras aquisições recentes da Hipgnosis incluem catálogos de artistas como Blondie, L.A. Reid, RZA e The-Dream. A empresa também comprou a carteira editorial da Kobalt, em Setembro, numa operação que incluiu canções de Fleetwood Mac, 50 Cent ou Beyoncé.

Em Dezembro do ano passado, Bob Dylan também fez um acordo com a Universal Music para vender todo o seu catálogo de canções por uma taxa que se acredita ser da ordem dos 300 milhões de dólares, uma situação que já lhe valeu um processo judicial interposto pela viúva do colaborador Jacques Levy, que reclama 7,25 milhões de dólares.

EGITANA