R.I.P. Firmino Neiva

R.I.P. Firmino Neiva

Redacção

Morreu o músico Firmino Neiva, um dos fundadores do Raízes, um dos combatentes do fascismo, um dos nomes de referência do baixo em Portugal. Músicos nacionais choram a sua perda.

Firmino Neiva, que residia há muitos anos em Braga, esteve na fundação do Raízes, um grupo de acção cultural nascido em 1980, em Vila Verde, durante a comemoração do 6.º aniversário do 25 de Abril.

A participação activa no combate ao fascismo obrigou Firmino Neiva a exilar-se em Odense, na Dinamarca, de onde regressou após a Revolução de 1974. Além do Raízes, Firmino participou em inúmeros espectáculos, tornando-se um nome de referência baixista em todo o país, devido à sua grande capacidade de improvisação. Via PressMinho (Fernando Gualtieri).

Foram vários os músicos portugueses que publicaram, nas redes sociais, sentidas mensagens de homenagem ao músico, entre os quais os irmãos Budda e Nico Guedes, que privaram com Firmino Neiva. A AS deixa também as mais sentidas condolências aos amigos e familiares do músico.

EGITANA