Republicanos querem proibir hip-hop e Rage Against The Machine

Republicanos querem proibir hip-hop e Rage Against The Machine

Tiago Varzim

As escolas do  Arizona podem vir a ser proibidas de mencionar hip-hop ou a banda Rage Against The Machine em ambiente escolar.

A ameaça veio do responsável pelas escolas públicas no estado, John Huppenthal, que criticou as escolas secundárias pelas aulas que dão, referindo a letra da música “Take The Power Back”. Segundo a ALT Press, o estado do Arizona promulgou uma lei tendo em vista banir os estudos de etnia em 2010. Na altura, os professores e estudantes lutaram contra a decisão, apelando ao facto de estas serem matérias que aumentam o alcance do estudante.

Criticando a forma como duas matérias são dadas – Culturally Relevant Mexican American PerspectiveCulturally Relevant African American Perspective – John Huppenthal atacou principalmente o uso da canção do rapper KRS-One, “An Introduction To Hip-Hop”. Na carta que escreveu,  Huppenthal diz estar «profundamente preocupado com o facto do incumprimento da lei ir para além das aulas».

EGITANA