Robert Plant Cancela Concerto na Dinamarca Em Protesto Contra Baleação

Robert Plant Cancela Concerto na Dinamarca Em Protesto Contra Baleação

Redacção

Robert Plant retirou a sua banda Saving Grace de um festival no arquipélago dinamarquês das Ilhas Faroé, após ser informado que o mesmo decorre em paralelo a um evento tradicional onde são chacinadas centenas de baleias e golfinhos.

O carismático frontman dos Led Zeppelin cancelou a sua presença no festival G! em protesto com o evento anual de caça às baleias, conhecido por grindadráp (the “Tritura”), um acontecimento tradicional nas Ilhas Faroé. O festival decorre anualmente na cidade costeira de Gøta, que pertence ao arquipélago dinamarquês. Nos dias do festival dá-se a caçada às baleias, na qual várias centenas de baleias e golfinhos são ludibriados para a costa e depois chacinados pelos residentes nas praias das ilhas. Ainda que seja uma tradição milenar, há vários protestos nos últimos anos de activistas dos direitos dos animais.

Robert Plant tinha concerto agendado no festival no dia 18 de Julho. Foi a própria organização do G! festival a anunciar que Polant cancelou a actuação da sua nova banda, os Saving Grace, após ter sido alertado para o fenómeno da caça às baleias pelo grupo activista Blue Planet Society.

Em comunicado, a organização refere: «Estamos desapontados e aborrecidos com o cancelamento. Estávamos entusiasmados com o massivo interesse despoletado pelo anúncio dos Saving Grace e a particular recepção associada à presença de Robert Plant. Denota alguma falta de profissionalismo este tipo de cancelamentos sem aviso prévio ou tentativa de dialogar de forma constructiva, algo que nos teria permitido abordar as preocupações do artista».

O comunicado não deixa de ser corrosivo, concluindo: «Também é algo contraditório que um artista actue sem constrangimento em países como a Noruega ou a Islândia [onde a caça às baleias é uma actividade comercial], o que o Senhor Plant fez no passado, em 2019 inclusivé. Este é um golpe duro para o festival e força-nos a ter que repensar a nossa abordagem à produção do G! Festival».

Robert Plant ainda não teceu qualquer comentário em relação ao cancelamento ouao comunicado do festival. De qualquer modo, o antigo vocalista dos Led Zeppelin não é o primeiro artista a reagir negativamente ao evento. Lewis Capaldi e Princess Nokia também declinaram estar presentes no festival após terem conhecimento da “Tritura”. Fatboy Slim irá doar o seu cachet a causas de preservação de vida marinha.

Há uma petição para acabar com a “Tritura” que podem assinar aqui.