Rodrigo Amarante, Apresenta Novo Álbum “Drama” em Lisboa e Porto

Rodrigo Amarante, Apresenta Novo Álbum “Drama” em Lisboa e Porto

Diogo Catatão
Eliot Lee Hazel

Rodrigo Amarante revelou os detalhes do seu novo álbum, “Drama”, que chega no dia 16 de Julho pela editora Polyvinyl. Digressão europeia, com passagem em Portugal, já agendada.

“Drama” começou a tomar forma no final de 2018, com a banda de Rodrigo Amarante – “Lucky” Paul Taylor na bateria, o baixista Todd Dahlhoff, Andres Renteria na percussão e Amarante na guitarra. Ao longo do processo de composição e gravação em 2019, algumas músicas foram retiradas do fundo das gavetas e outras ideias surgiram.

No início de 2020, com o álbum ainda por terminar, a pandemia obrigou Los Angeles a um lockdown e Rodrigo Amarante viu-se sozinho, mas, sem surpresas o isolamento acabaria por ditar o som do álbum.

«O bloqueio e a limitação produziram ótimas ideias. Comecei o álbum querendo focar no ritmo e na melodia, abandonar aquelas ricas progressões de acordes e modulações que herdei do Brasil e ser mais direto por um tempo. Enquanto escrevia, percebi que havia um gatilho para mim naquela tentativa, uma sombra do garoto de cabeça raspada que eu deveria ser, sugando-o. Em vez disso, abracei as complicações que herdei», disse o cantor.

Com o lançamento de “Drama”, Rodrigo Amarante anuncia também os concertos de apresentação desse álbum. Vão ser em 2022 e Portugal está nos planos. Dia 18 de Abril, na casa da Música, no Porto e dia 19 de Abril, no Capitólio, Lisboa. Os bilhetes já estão à venda nos locais habituais por 25€.

01.Drama; 02. Maré; 03. Tango; 04. Tara; 05. Tanto; 06. I Can’t Wait; 07. Tao; 08. SKy Beneath; 09. Eu Com Você; 10. Um Milhão 11. The End

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA