Rush: Acabaram-se as digressões

Rush: Acabaram-se as digressões

Tiago da Bernarda

Foi o guitarrista, Alex Lifeson, quem anunciou a decisão da banda.

Quem não teve oportunidade de apanhar os Rush na sua digressão, “R40”, no verão passado, provavelmente não terá outra.

De acordo com o guitarrista, Alex Lifeson, a digressão que visou celebrar o 40º aniversário da banda, terá sido a última de sempre.

«Ele [Neil Peart] já não tem capacidade física para isso», informou Lifeson, à Rolling Stone, sobre o baterista. Na altura da última digressão, já tinham dado a entender que Peart sofria de uma tendinite crónica.

«Honestamente, ele nem queria fazê-la [a digressão R40]», confessou. «Tem sido cada vez mais difícil para ele. Mas comprometeu-se e prosseguiu com a digressão. No que toca a sua parte, aquela marcou o fim das digressões.»

«Os ombros doiam-lhe, e os braços, e os pés e os cotovelos também. Doia-lhe tudo. Mas ele queria dar 100%. Foi difícil para ele conseguir atingir isso na última digressão. Portanto, eu percebo. Fiquei desapontado e acho que o Geddy [Lee] também ficou muito desapontado. Gostaríamos de continuar a digressão durante um pouco mais. Mas já não dá.»

Já no início de 2015, Peart mostrara falta de vontade em fazer-se à estrada, mas por razões diferentes. «É um autêntico dilema – não há uma resposta correcta. As pessoas perguntam-me se ainda fico entusiasmado com digressões. Deveria ficar entusiasmado por deixar a minha família? Não, nem eu nem ninguém.», disse o baterista, na altura, à revista Prog.