Sabotage Club: Vê aqui a programação de Março

Sabotage Club: Vê aqui a programação de Março

António Maurício
Vera Marmelo

Riding Pânico, The Zeros, Cosmic Mass, Tricycles, Besta ou Spill entre os destaques.

O mês de Março destaca-se pelo Carnaval, o início da primavera e o aumento das temperaturas. O Sabotage Club destaca-se pela música, como é habitual. Localizado no Cais do Sodré, a sala de espectáculos continuará a acolher novas performances nacionais e internacionais todas as semanas. Vê os destaques e toda a programação abaixo.

COSMIC MASS + ELEPHANT MAZE
01 MARÇO / 22H30 / 6€

Com a bagagem cheia de fuzz e riffs que te expropriam os ouvidos, os Cosmic Mass são a resposta à mais recente onda psych-rock que tantos discos nos tem dado nos últimos tempos. Dos King Gizzard & The Lizzard Wizard aos Oh Sees e com toques de Syd Barret a camuflar o psicadelismo na fauna do garage, os Cosmic Mass constroem malhas de te fazer crescer a barba com a aura pop típica dos anúncios da TV.

Os Elephant Maze são uma banda formada em Lisboa, em meados de 2017. A banda é composta por dois jovens músicos que, juntando as construções sonoras e os timbres que retiram dos seus instrumentos, criam moléculas compostas por átomos de garage rock alternativo enfeitado em tons de psicadelia.

RIDING PÂNICO
09 MARÇO / 22H30 / 8€

Riding Pânico são Fabio Jevelim, Makoto Yagyu, Miguel Abelaira, João Nogueira, João Pereira e José Penacho. O supergrupo português é responsável pela produção do excelente “Rabo de Cavalo” (Review Aqui), um «álbum instrumental estimulante», devido à «enorme capacidade para trancar, intrincar ou abrir os temas» da própria banda. Apresentam-se no Sabotage Club no próximo dia 9 de Março, para mais uma volta no carrossel de instrumentos incendiários. Podes adquirir o nosso coleccionável com destaque de capa para os Riding Pânico, aqui.

THE ZEROS (USA)
21 MARÇO / 22H30 / 12€ PRÉ-VENDA, 15€ NO DIA

The Zeros é uma banda americana de punk rock, formada em 1976 em Chula Vista, Califórnia. A banda era originalmente composta por Javier Escovedo na voz/guitarra e Robert Lopez na guitarra, ambos frequentavam a Chula Vista High School; Hector Penalosa (baixo) e Baba Chenelle (bateria), que frequentaram o colégio Sweetwater, a banda foi considerada uma pioneira do punk rock na costa oeste dos EUA. Em Março de 1979, a banda gravou um novo single, que incluiu as músicas “They Say That (Everything’s Alright)”, “Girl on the Block” e “Getting Nowhere Fast”. Depois de mais digressões que os levaram a Austin, Texas e Nova York, a banda separou-se. Em 1995, a banda ressurgiu com um novo álbum, “Knockin ‘Me Dead”. Neste momento, os Zeros são um trio composto por Javier Escovedo, Baba Chenelle e Victor Penalosa.

TRICYCLES + BIRDS ARE INDIE 
23 MARÇO / 22H30 / 6€

Imaginem um triciclo no alto de uma duna, a ver o mar, a sentir o sol quente nas rodas pintalgadas de areia, com uma certa comichão no volante por causa da humidade salgada, e a pensar: “Apetece-me apanhar o próximo barco para Marte e desviá-lo até ao centro do Sol”. É mais ou menos isto que os Tricycles são. Os Tricycles são: o João Taborda (António Olaio & João Taborda), o Afonso Almeida (Cosmic City Blues, Sequoia), o Edgar Gomes (Terb) e o Sérgio Dias. Os Tricycles começaram a ser fabricados quando o Sérgio (bateria) e o Edgar (baixo) se juntaram ao Afonso (guitarra, voz) e ao João (guitarra, teclas, voz), que já andavam a fazer música juntos há algum tempo. Os Tricycles gostam do estúdio, onde brincam como putos irrequietos no parque infantil. O single “All the mornings” é o primeiro exemplo dessas brincadeiras, um jogo de reflexos que poderia dar uma história, um irónico lamento contra o tic tac do relógio. Este single é o tema de avanço para o álbum “Tricycles”, primeiro da banda, gravado e produzido pelo Nelson Carvalho, a sair a 29 de Março de 2019, editado pela Lux Records.

Os Birds Are Indie nasceram em Coimbra, entre Ricardo Jerónimo e Joana Corker, que se apaixonaram há 18 anos e aos quais se juntou Henrique Toscano, um amigo de longa data. Sendo uma banda independente, tem-se afirmado junto do público e da crítica, contando com uma discografia assinalável, em vários formatos, onde se incluem ainda “Love is not enough” (2014) e o mais recente “Let’s pretend the world has stopped” (2016). Já tocaram por todo o país e um pouco por Espanha, mas continuam a ser um projecto absolutamente descomprometido e nada virtuoso, onde o mais importante persiste, ainda: o amor e uma pop íntima e sincera, baseada em canções que umas vezes nascem alegres e outras vezes tristes, consoante ditam os dias.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

01 MARÇO / SEXTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO + DJing
COSMIC MASS + ELEPHANT MAZE
DJ: DEUS DO PSICADÉLICO

02 MARÇO / SÁBADO / 22:30h / CONCERTO + DJing
THE BLACK WIZARDS
DJ: CISCO LOCO

04 MARÇO / SEGUNDA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO + DJing
FESTA DE CARNAVAL
DJ: PEDRO OLIVERA

07 MARÇO / QUINTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO + DJing
FLY THE SUN
DJ: NUNO RABINO

08 MARÇO / SEXTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO + DJing
CHANTAL ACDA (BEL) + LITTLE FRIEND
DJ: ANTÓNIO MANUEL

09 MARÇO / SÁBADO / 22:30h / CONCERTO + DJing
RIDING PÂNICO
DJ: MAU MAU RABINO!

14 MARÇO / QUINTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO + DJing
TBA
DJ: NUNO RABINO

15 MARÇO / SEXTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO + DJing
HEAVY CROSS OF FLOWERS + MR. MOJO
DJ: EDUARDO MORAIS + NUNO RABINO

16 MARÇO / SÁBADO / 22:30h / CONCERTO + DJing
BESTA + FILHO DA MÃE
DJ: EL FUSER

21 MARÇO / QUINTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO + DJing
THE ZEROS (USA)
DJ: NUNO RABINO

22 MARÇO / SEXTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO + DJing
SPILL
DJ: JOÃO MAIO PINTO + NUNO RABINO

23 MARÇO / SÁBADO / 22:30h / CONCERTO + DJing
TRICYCLES + BIRDS ARE INDIE
DJ: JOHNNY CHASE

28 MARÇO / QUINTA-FEIRA / 19:00h / CONCERTO + DJing
FESTIVAL MIL: REIS DA REPÚBLICA + NOVEAUX CLIMATS (FR) + BIKE (BR) + F/E/A (ESP)
DJ: NUNO RABINO

29 MARÇO / SEXTA-FEIRA / 19:00h / CONCERTO + DJing
FESTIVAL MIL: MELQUIADES + CHARLIE & THE LESBIANS (HOL) + ITALIA 90 (UK) + CAVE STORY
DJ: PEDRO CHAU

30 MARÇO / SÁBADO / 22:30h / CONCERTO + DJing
LODO + CICUTA
DJ: THE REYS BAN