Sabotage Club: Vê aqui a programação de Novembro

Sabotage Club: Vê aqui a programação de Novembro

António Maurício

The Pretty Things, Charalambides, The Coathangers, Medicine Boy e 47 de Fevereiro entre os destaques.

O Sabotage Club vai percorrer o mês de Novembro com uma programação diversificada em termos de nacionalidades e estilos e, como é habitual, os concertos durante todo o mês variam entre performances nacionais e internacionais. Não precisas de pensar muito, aquece as tuas noites com música na icónico bar do Cais do Sodré. Vê os destaques e toda a programação abaixo.

47 DE FEVEREIRO
9 NOVEMBRO / 22H30 / 6€

A primeira parte ficará a cargo de Bandex com as suas músicas e vídeos arrasadores e em Aveiro haverá ainda a presença do dj Van Basten (aka Nesta Afrogrooves) para apimentar a festa numa noite que será um segundo round de La Diablada. Provenientes de projectos tão díspares como Touro, Retimbrar, Zen, Anger, Souq, Fadomorse, Mi Ku Bô, Teia, Funkyard, Turn Off, Stopestra, Xícara, Mina, Miguel Araújo, André Indiana, etc, os membros dos 47 de Fevereiro juntaram-se para dar seguimento à vontade comum de exprimir a música que lhes corre nas veias, sem filtros ou condicionalismos, e assim detonarem palavras sob a forma de Fute-Rock Mediterrânico. Sai assim à rua o novo contra-golpe da intertugalidade, em forma de rock de barricada. Guerrilheiros, caciques, mafiosos e outros que tais têm a palavra, ou as palavras de livros e crónicas sobre eles escritos. Em várias línguas, em vários tons de voz, na ilharga dos que criaram e perpetuam esta situação. 47 de Fevereiro baralha e volta a dar. As referências para este disco são tão díspares como: Astérix pelo humor com a história, as características dos povos e a irredutibilidade contra o invasor; Liga dos Últimos pelo futebol amador e portugalidade profunda; Mafalda pelo humor muito humano e socio-temporal; George Orwell e Aldous Huxley pelas suas sociedades supervisionadas; John Steinbeck pelas desigualdades sociais; Marguerite Yourcenar pela análise da vida; Gabriel Garcia Marquez pela criatividade; por fim, o futebol enquanto desporto, motor de agregação social e superação individual e colectiva que serve de “leitmotiv” para a formação da banda e construção deste disco.

CHARALAMBIDES (USA)
15 NOVEMBRO / 22H30 / 6€ PRÉ-VENDA, 8€ NO DIA

Os fundadores de Charalambides, Tom e Christina Carter permanecem dedicados a uma visão da música iconoclasta como uma força transformadora. A sua música é singularmente pessoal e consistente, mesmo através de algumas mudanças extremas no conteúdo e estratégia. Charalambides formaram-se em Houston, 1991, no meio de bandas de rock destemidamente exploradoras. A banda passou a produzir uma enxurrada de lançamentos, começando com “Our Bed is Green”, de 1992, e continuando com dezenas de LPs, CDs e cassetes com rótulos como “Siltbreeze”, “Eclipse”, “Time-Lag”, “kranky”, e sua própria marca, Wholly Other. Em 2016, a Drawing Room Records lançou “Strangle the Wretched Heavens” e “Glowing Raw”, dois LPs com material que abrange os anos de 1995 a 1998, apresentando o guitarrista Jason Bill. O mais recente lançamento de estúdio de Charalambides é Exile, um LP duplo a ser apresentado no Sabotage.

THE COATHANGERS (USA)
17 NOVEMBRO / 22H30 / 14€ PRÉ-VENDA, 16€ NO DIA

Em treze anos de existência, as incansáveis The Coathangers produziram cinco LP e mais de uma dúzia de singles, splits e EPs. Considerando as aspirações iniciais da banda de apenas sair e fazer algumas festas em casa, a agenda implacável de concertos é, talvez, a maior prova do poder duradouro dos seus discos. Seja qual for a fonte dessa magia inexplicável, as Coathangers carregam uma energia turbulenta, suada e crua ao vivo. A sua busca por encantamento levou a banda a criar dois “Nights of Magic”, um espectáculo de duas noites no Alex’s Bar em Long Beach, Califórnia repleto de mágicos, leituras de tarot, bailarinos burlescos, leitores de poesia e muito mais atracções.

THE PRETTY THINGS
27 NOVEMBRO / 22H30 / 18€ PRÉ-VENDA, 20€ NO DIA

Cinquenta e poucos anos passaram desde que os Pretty Things lançaram o seu primeiro single e, o melhor de tudo, é que continuam a subir a palcos. Com uma carreira invejável, foram sempre restritos nas suas convicções e ideias sem baixar a cabeça diante de ninguém. Não se estranha o facto de que Dick Taylor tenha decidido abandonar os Little Boy and The Blue Boys (anteriores Rolling Stones) por querer mais sujidade, mais energia e que para isso tenha formado os Pretty Things com Phill May, companheiro de estúdio. Porque é que os Pretty Things não alcançaram nenhum estatuto como outras bandas britânicas? Talvez porque o público que hoje faz filas para ver os Stones não faça a menor ideia de quem é Dick Taylor, mas podem ter a certeza que a sua influência no rock’n’roll nas últimas 5 décadas é incalculável. Os The Pretty Things foram, por diversas vezes, os primeiros a experimentar estilos diferentes que outros continuaram e depois obtiveram sucesso. Perguntem a Iggy Pop, Ramones, Sex Pistols e Nirvana quem foi a sua influência tanto na música como na atitude que marcou gerações.

MEDICINE BOY
30 NOVEMBRO / 22H30 / 8€

Medicine Boy é um duo de dream noise da Cidade do Cabo, na África do Sul. Influenciados pelos gostos de Rowland S. Howard, Spiritualized, The Mary Chain e The Bad Seeds, o duo trilha uma linha ténue entre a calma e o caos. Formada em 2014 por Andre Leo (voz /guitarra), Lucy Kruger (voz/teclado) e uma bateria electrónica, a banda rapidamente começou a encabeçar concertos e festivais na África do Sul abrindo concertos de Allah-Las e a Black Lips nas suas digressões.Depois de lançarem seu primeiro EP “More Knives” (2014) e “Kinda Like Electricity” (2016), os Medicine Boy acabam de assinar com a Fuzz Club Records, onde vão editar o seu próximo álbum.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

01 NOVEMBRO / QUINTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
EARTH ELECTRIC + EARTH DRIVE
DJ: NUNO RABINO

02 NOVEMBRO / SEXTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
PAULO ENO + VICTOR TORPEDO & VERA MESHATI
DJ: VICTOR TORPEDO

03 NOVEMBRO / SÁBADO / 22:30h / CONCERTO +DJing
DITCH DAYS  + THEM FLYING MONKEYS + FLYING CAGES
DJ: SBSR.FM DJ’S

08 NOVEMBRO / QUINTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
THE BLACK TEDDYS
DJ: NUNO RABINO

09 NOVEMBRO / SEXTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
47 FEVEREIRO + BANDEX
DJ: ROCK’N’ROLL SUICIDE COM BRIAN GALLAGHER

10 NOVEMBRO / SÁBADO / 22:30h / CONCERTO +DJing
THE VAGOOS (AUSTRIA)
DJ: PEDRO CHAU

14 NOVEMBRO / QUARTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
MUJERES (ES) + ANTI S
DJ: NUNO RABINO + CANDY DIAZ

15 NOVEMBRO / QUINTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
CHARALAMBIDES (USA)
DJ: TONI LEE

16 NOVEMBRO / SEXTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
TELECTU
DJ: NOISE DOLLS CLUB – AFTER PARTY MONTALVOR’S THE HIGHWAY OF REGRET

17 NOVEMBRO / SÁBADO / 22:30h / CONCERTO +DJing
THE COATHANGERS (USA)
DJ: MAU MAU RABINO!

22 NOVEMBRO / QUINTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
FOLCLORE IMPRESSIONISTA
DJ: NUNO RABINO

23 NOVEMBRO / SEXTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
SHIVERS + ASH IS A ROBOT
DJ: EL FUSER

24 NOVEMBRO / SÁBADO / 22:30h / CONCERTO +DJing
PLASTIC PEOPLE
DJ: AFONSO RODIGUES

27 NOVEMBRO / TERÇA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
THE PRETTY THINGS (ING)
DJ: COOL TRASH CLUB

29 NOVEMBRO / QUINTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
TRIPA + POWER MEGAZORD
DJ: NUNO RABINO

30 NOVEMBRO / SEXTA-FEIRA / 22:30h / CONCERTO +DJing
MEDICINE BOY (SOUTH AFRICA)
DJ: JOHNNY GIL B. PARTY