SBSR Volta ao Cabeço da Flauta

SBSR Volta ao Cabeço da Flauta

Nero

Super Bock Super Rock celebra 25 edições no Meco. depois de um par de edições no Parque das Nações, o festival regressa à Herdade do Cabeço da Flauta. Ainda não há nomes.

No ano em que se assinala a 25ª edição do Super Bock Super Rock, o precursor dos grandes festivais em Portugal e um marco no panorama musical, único com 25 edições consecutivas, continua em 2019 a afirmar-se no formato de grande Festival de verão.

A 18, 19 e 20 de Julho, o Super Bock Super Rock regressa ao cenário idílico junto à praia do Meco, o novo, mas já familiar ponto de encontro para milhares de amantes de Música. O primeiro lote de bilhetes está hoje à venda na Blueticket e locais habituais, com o passe de 3 dias ao preço do 105€ e o bilhete diário a 55€.

Os primeiros nomes do cartaz serão anunciados nos próximos dias, de acordo com o press release, que descreve longamente as intenções com a nova mudança. Eis o texto integral:

«Três dias de Música num ambiente descontraído e junto à praia do Meco, a minutos de distância a pé da Lagoa de Albufeira. Um local conhecido pelas praias e frequentemente associado a momentos de descontracção, em férias ou fins de semana, e também um ponto de referência para os milhares de amantes de Música que, no passado, assistiram a inúmeros concertos históricos na Herdade do Cabeço da Flauta. Na 25ª edição, o Super Bock Super Rock regressa ao cenário idílico do Meco, onde se realizaram algumas das edições mais memoráveis da sua história.

Com o regresso ao Meco, Sesimbra, o Super Bock Super Rock celebra 25 edições proporcionando ao público uma experiência de Festival única e fora do ambiente citadino dos cenários do quotidiano, potenciando a relação tão especial que se estabelece entre os artistas em palco e o público.

Preparado para receber todos os que queiram celebrar 25 edições de Música, com campismo gratuito para os portadores do passe de 3 dias desde a 4ª feira anterior até domingo, o local onde estará instalado o recinto de concertos é um terreno diferente daquele que o público já conhece das edições anteriores, e onde existe já um tapete de vegetação, que será agora tratado de modo a assegurar um piso verde natural, onde estarão instalados os vários palcos do Super Bock Super Rock.

A mobilidade é também um foco da atenção do Festival, de modo a minimizar os constrangimentos de trânsito, inerentes a qualquer evento que movimenta milhares de festivaleiros. Primeiramente, na oferta de alternativas de transporte direto a partir de Lisboa, e regresso no final da noite, cujo uso se recomenda!

Haverá também autocarros gratuitos para a praia, que farão o percurso entre a Herdade do Cabeço da Flauta e a Praia do Meco, bem como o Caminho Pedonal com acesso direto à Lagoa de Albufeira, de modo a evitar a necessidade de uso de transporte próprio por parte do público que, tendo adquirido o passe para os 3 dias, optar pelo acampamento gratuito do Festival.

Também o trabalho conjunto com os parceiros contribuirá para optimizar a mobilidade, como por exemplo a Via Verde, através da app Via Verde Transportes, bem como serviços de ridesharing e carsharing, algumas das soluções que estarão ao serviço do público do Super Bock Super Rock, facilitando o acesso ao recinto e contribuindo para uma experiência mais confortável, económica e responsável.

O estacionamento do Festival, com capacidade para acolher milhares de automóveis, terá sinalização, iluminação e equipas para auxílio no estacionamento. Sempre em estreita coordenação com as autoridades competentes, será feita a gestão do trânsito na estrada que liga a Rotunda do Marco do Grilo ao Festival. Por outro lado, há hoje formas alternativas de chegar até à Rotunda do Marco do Grilo, nomeadamente usando a A33, que não existia em 2014, aquando das últimas edições do Super Bock Super Rock realizadas no Meco.

Todas as informações a este respeito serão dadas em detalhe,oportunamente.

Com a importante parceria da Câmara Municipal de Sesimbra, o Super Bock Super Rock regressa, assim, à Herdade do Cabeço da Flauta, no eixo Lagoa de Albufeira – Meco – Cabo Espichel, uma zona com paisagens únicas e arrebatadoras, onde se encontram algumas das zonas de maior valor patrimonial, ambiental e paisagístico da região, como o Santuário do Cabo Espichel, as pegadas de dinossauros ou a Lagoa Pequena.

A realização do Super Bock Super Rock nesta zona é uma forma de dar a conhecer a milhares de visitantes, portugueses e estrangeiros, todo o potencial turístico do concelho, e é um estímulo para a economia local, muito assente na hotelaria, restauração e, cada vez mais, nas empresas de atividades de aventura ligadas ao mar e à Serra da Arrábida».