Serviços Alfandegários de Washington Apreenderam 36 Guitarras Falsificadas

Serviços Alfandegários de Washington Apreenderam 36 Guitarras Falsificadas

Nero

Oriundas da China, chegaram ao Aeroporto Internacional de Washington 36 guitarras falsificadas de várias marcas, incluindo assinaturas de Jimmy Page, Slash, Ace Frehley, Hendrix e Stevie Ray Vaughan.

Agentes do departamento U.S. Customs And Border Protection, no Washington Dulles International Airport, apreenderam 36 guitarras. Falsificações de instrumentos reais que poderiam atingir um total de mais de 158 mil dólares.

As guitarras chegaram a partir de 36 expedições diferentes, oriundas da China, no passado dia 15 de Dezembro e logo chamaram a atenção dos agentes para a possibilidade de serem falsificações, mesmo que 27 das guitarras apresentasse o logo da Gibson, seis da Fender, duas da Martin e ainda uma PRS. As guitarras estavam endereçadas a locais em 21 dos Estados do território dos EUA e também para a Austrália.

A maioria dos modelos Gibson tratam-se de falsificações de Les Paul da Custom Shop da marca. Uma delas trata-se de uma falsificação da célebre double-neck de Jimmy Page e outra de um dos modelos de assinatura de Slash. A mais cara das falsificações seria a réplica do modelo de assinatura de Ace Frehley (ex-KISS), cujos modelos autênticos batem nos nove mil dólares na venda a retalho. As Fender, pode ver-se na foto, incluem a Monterey de Hendrix e um dos canhões de Stevie Ray Vaughan, a Number One.

Os agentes alfandegários logo contactaram as marcas, com as quais estudaram os instrumentos, confirmando a ilegalidade no dia 20 de Janeiro. Após este “bust” não foram detectados novos casos. A notícia foi avançada no Blabbermouth, ao qual os serviços alfandegários deixaram afirmações.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.
EGITANA