Slash No Flirt com a Stratocaster

Slash No Flirt com a Stratocaster

Nero

Slash teceu os maiores elogios à Fender e à Stratocaster. «Talvez a Gibson não quereria que o dissesse…»

Slash é um dos maiores embaixadores da Gibson e, considerando o momento de convulsões em que a marca está envolvida, as suas afirmações numa recente entrevista tornam-se ainda mais surpreendentes, tecendo os maiores elogios à grande rival de mercado da Gibson e da Les Paul, a Fender Stratocaster.

Tudo aconteceu numa conversa com a lenda dos Sex Pistols, Steve Jones, no seu programa habitual na rádio 95.5 KLOS, intitulado Jonesy’s Jukebok. Na entrevista, Slash fala sobre as suas influências, com destaque pela atracção por Eric Clapton e os Cream, Keith Richards e Mick Taylor dos Stones, Jeff Beck e Page e Hendrix, ressalvando que sempre adorou Eddie Van Halen, mas que o estilo que este desenvolveu não o fascinou e sempre achou algo inacessível, fala sobre a sua filosofia com a guitarra e a sua carreira.

Quando a conversa se centrou na guitarra eléctrica e na compra destes instrumentos. Slash refere que não compra uma guitarra desde os anos 90, mas que recentemente trocou várias guitarras por uma Les Paul ’59 Sunburst, o Santo Graal das guitarras eléctricas.

Contudo, quando questionado se gostava de Fenders, o gunner confessou: «Tenho um monte de Teles e Strats. Na minha opinião, e provavelmente a Gibson não quereria que o dissesse, a Strat é, com a devida vénia, provavelmente uma das guitarras mais versáteis que existe». Um enorme elogio vindo de um dos principais rostos da Gibson. Todavia, Slash manteve promessas de fidelidade às Les Paul: «Sempre gravitei na direcção da Les Paul. Tens os tipos da Strat e os tipos da Les Paul. E eu sou um tipo Les Paul…».

Dispara o player para ver a entrevista completa.