Spotify: Músicas mais ouvidas nos últimos 60 anos

Spotify: Músicas mais ouvidas nos últimos 60 anos

Redacção

O Spotify está a rebobinar o tempo e a fazer uma viagem ao passado com o anúncio das músicas mais ouvidas dos últimos 50 anos – começando na década de 50 e passando pelos anos 2000.

Com mais de 5.5 milhões de playlists específicas por década no Spotify – 63% das quais criadas por homens – os anos 80 reinam com supremacia como a melhor década entre os fãs. O hit de 1981 dos Journey, “Don’t Stop Believin’”, revela-se um clássico intemporal, sendo a canção mais escutada através de todas as playlists por década.

Olhando 50 anos para trás, a canção mais ouvida de entre as playlists dedicadas aos anos 50 é uma que faz com que toda a gente cante em conjunto: “Lollipop” das Chordettes. O single de funk de 69 dos The Isley Brothers, “It’s Your Thing”, está no topo da lista para as mais ouvidas dos anos 60 e o hit de 1975 dos Electric Light Orchestra, “Evil Woman”, encabeça a lista nas playlists dos anos 70.

Mas é a música dos anos 80 a favorita entre os utilizadores, com mais de 1.7 milhões de playlists criadas para celebrar os sons desta era. Enquanto a “Don’t Stop Believin’” dos Journey está no topo da lista, o single de 1987 de Whitney Houston “I Wanna Dance with Somebody “(Who Loves Me) e a “Billie Jean” de 82 de Michael Jackson surgem num próximo segundo e terceiro lugar, respetivamente.

O grupo mais internacional da pop no feminino, as Spice Girls, tomou de assalto a década de 90, e o seu single de 1996 “Wannabe” encabeça a lista das músicas mais escutadas nas playlists dos anos 90, acima da “Under The Bridge”, de 1991, dos Red Hot Chilli Peppers e do hit de 1994 “Waterfalls”, das TLC.

O R&B dominou as tabelas nos anos 2000 e o hit de 2002 de Usher, “Yeah!”, é a música mais escutada para as playlists do novo milénio, seguida de perto pelo single de 2003 de Beyoncé “Crazy In Love” e pelo artista reggae, Shaggy, com o seu single de 2000: “It Wasn’t Me”.

O Spotify analisou os hábitos de escuta entre idade e género para determinar quais as décadas que mais ressoaram em termos de preferências musicais. Os hits dos anos 90 são os mais populares entre as ouvintes femininas e a música dos anos 80 é mais popular entre os homens. Quando se trata da idade, a música dos anos 80 é mais relevante entre utilizadores com idades inferiores a 19 anos ou dos 30-39, 40-49 e dos 50-59. A música dos anos 90 é mais popular entre utilizadores em idades entre os 20 e os 29 anos e a música dos anos 60 é mais escutada entre utilizadores acima dos 60 anos.

Angela Watts, VP, Global Communications do Spotify, comenta, “Nas nossas pesquisas, pudemos destacar as canções que definiram as suas respetivas e identificamos as faixas intemporais que os utilizadores continuam a ouvir hoje e que irão ser escutadas nas décadas que estão por vir“.

Para ajudar os utilizadores a fazer uma viagem pela música nas últimas cinco décadas, o Spotify criou o Taste Rewind, uma aplicação especial que revela que música os utilizadores estariam a escutar se vivessem noutra época, com base nos seus hábitos de escuta atuais. De seguida, a aplicação fornece uma lista personalizada a partir da década escolhida que os utilizadores podem partilhar com os seus amigos. Para experimentares carrega aqui.

O Spotify criou as playlists com o top 20 das músicas mais escutadas desde os anos 50 até aos 2000s. Estas playlists podem ser incorporadas online com o Spotify Play Button.

Top 20 Músicas Globais dos anos 50

Top 20 Músicas Globais dos anos 60

Top 20 Músicas Globais dos anos 70

Top 20 Músicas Globais dos anos 80

Top 20 Músicas Globais dos anos 90

Top 20 Músicas Globais dos anos 2000

EGITANA