Steve Wynn a solo em Lisboa

Steve Wynn a solo em Lisboa

Redacção

Steve Wynn a solo e os portugueses Duquesa apresentam-se no Musicbox no próximo dia 7 de Outubro.

Steve Wynn rompeu com os Dream Syndicate em 1989 para se “redefinir” enquanto artista. Desde então editou cerca 10 discos a solo, onde explora universos musicais diversos, tendo integrando outros tantos projectos com nomes como Peter Buck (REM).

Nesta vinda a Lisboa, Wynn apresenta-se em formato cantautor, sozinho com as histórias e a guitarra. A noite arranca às 22h com concerto de Duquesa, o projecto através do qual Nuno Rodrigues nos fala do conforto do Verão e dos dias longos.

Ao longo dos últimos 25 anos, Steve Wynn editou mais de vinte discos, assinando uma colecção de mais de 300 canções. Gravou como REM, Luna, Concrete Blonde, The Black Crowes, Yo La Tengo e Eleventh Dream Day, desenvolveu colaborações e foi capa das mais referênciais publicações da especialidade. Se ainda assim não conhecem o seu nome, talvez se recordem do trabalho seminal que partilhou com os The Dream Syndicate que, ao lado de nomes como REM e The Replacements, desenharam a cena indie rock americana dos anos 80. Também lhe estão umbilicalmente ligados projectos como o Gutterball, o “Desert Trilogy” e tantos outros que compõem os dias de uma das mais prolíficas carreiras da cena rock mundial.

Nuno Rodrigues encontrou a solo o conforto do Verão e dos dias longos. De um lado as paisagens do seu Norte litoral, de outro os gelados e as tardes de passeio com a namorada; trabalho de estreia do também vocalista dos Glockenwise é soalheiro e apropriado para os dias pródigos em evasão. Tendo como inspiração as melodias da música pop clássica, esta Duquesa explora, no seu modo irreverente, a sensibilidade e a folia juvenil, ancorando-se nas suas raízes barcelenses. É ouvir a caminho da praia.

As portas abrem às 21h30 e os bilhetes já se encontram à venda na bilheteira online e locais habituais por 8 euros.

Foto: Guy Kokken

EGITANA

fender