The Black Crowes, Reunião em 2020

The Black Crowes, Reunião em 2020

Nero

Os Black Crowes reúnem-se em 2020, para uma digressão especial de celebração do 30º aniversário do seu álbum de estreia, “Shake Your Money Maker”.

Os primeiros rumores de uma reunião dos irmãos Robinson surgiram em Outubro. Agora foi formalmente confirmado que os Black Crowes vão mesmo regressar ao activo e dar uma série de concertos onde irão tocar integralmente o seu excelente álbum de estreia, “Shake You Money Maker, originalmente editado em 1990. Para já estão confirmados concertos no dia 17 e 18 de Julho, no PNC Bank Arts Center em Holmdel, New Jersey, e no Jones Beach Theater em Wantagh, New York.

A banda estava parada desde Dezembro de 2013. Recentemente, Rich Robinson viu a Gretsch Guitars criar-lhe um instrumento de assinatura. O guitarrista tem trabalhado os The Magpie Salute, banda onde toca com os seus antigos colegas de banda Marc Ford e Sven Pipien. Esta reunião não irá contar com o baterista Steve Gorman, que se encontra de “candeias às avessas” com Chris e Rich Robinson.

Gorman refere que a banda tinha dois membros com o síndrome LSD (Lead Singer’s Disease), que provoca a tendência para que o cantor de uma banda de rock se torna egoísta e impossível de aturar no trabalho, mas que um deles «por acaso, tocava guitarra». O baterista refere que o conflito entre ambos os irmãos era algo triste de observar, no sentido em que, como irmãos, eram a única família um do outro e não se conseguiam respeitar mutuamente. Essa má relação, segundo Gorman, teve impacto na banda, de uma forma tóxica, acabando por contagiar todas as dinâmicas relacionais no colectivo.

Ainda que a digressão alastre, o mais provável de suceder, não haverá muita esperança em ver a banda em Portugal. Afinal, as única vezes que cá passaram acabaram por ser em momentos que tiveram pouca expressão, a primeira foi com os Rolling Stones, na Voodoo Lounge Tour, em 1995, e a segunda e última aconteceu no T99, festival que, apesar de um cartaz sonante (Metallica, Aerosmith, Garbage, Monster Magnet, Rollins Band ou Ministry), teve uma fraquíssima resposta de público.