Thurston Moore com mais uma canção de amor contra as forças da opressão

Thurston Moore com mais uma canção de amor contra as forças da opressão

Redacção

Depois de “Cantaloupe” e “Hashish”, chegou a vez de “Siren”, tema de 12 minutos, sim, 12 (!), que antecede o novo e muito aguardado disco de Thurston Moore, “By The Fire”, que chega a 25 de Setembro.

O novo disco de Thurston Moore está prestes a ser editado e os fãs já não podem esperar mais. Do álbum, gravado com o baixista dos My Bloody Valentine, Deb Googe, o baterista Jem Doulton e o guitarrista James Sedwards, já se conheciam dois temas, a descarga sónica de “Cantaloupe” e o mais introspectivo “Hashish”. Agora, chega “Siren”, 12 minutos (que passam a voar) onde experimentalismo, alguma melancolia e a suavidade vocal habitual de Moore coabitam harmoniosamente. A letra é do poeta Radieux Radio.

Rotulando o novo longa-duração como a «banda sonora de um antigo ritual de sereia», Thurston Moore diz ainda que “By The Fire” é música «em chamas«. Para o antigo líder dos Sonic Youth, «2020 é o tempo de mudança radical e de consciência colectiva» e, como tal, escreveu nove canções de amor em tempo de crise: «A música é a força curativa do universo. Estas são canções de amor numa época em que a criatividade é a nossa dignidade, a nossa manifestação contra as forças da opressão».

Além das supracitadas, “By The Fire” contará também com contribuições de Jon Leidecker (Negativland) e do baterista dos Sonic Youth Steve Shelley.

Delicia-te com “Siren”:

EGITANA