“Tubular Bells” de Mike Oldfield, 50º Aniversário Ao Vivo no Royal Festival Hall

“Tubular Bells” de Mike Oldfield, 50º Aniversário Ao Vivo no Royal Festival Hall

Redacção

O mítico e inovador álbum de Mike Oldfield vai ser apresentado no Royal Festival Hall de Londres, em Agosto, numa produção que promete ser épica, para celebrar o 50º aniversário do imponente disco.

A obra icónica de Mike Oldfield, “Tubular Bells”, será apresentada ao vivo no Royal Festival Hall do Southbank Centre, em Londres, este Verão, numa temporada de actuações únicas que são um prelúdio para a celebração do 50º aniversário da obra-prima em 2023.

De 7 a 15 de Agosto, “Tubular Bells – Live In Concert”, contará com a direcção musical do colaborador de longa data de Oldfield, Robin A. Smith, com o álbum interpretado por um grupo expansivo ao vivo. Robin A. Smith colaborou com Mike Oldfield durante três décadas, incluindo as actuações icónicas de “Tubular Bells” no Castelo de Edimburgo em 1992, e na Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Londres em 2012.

A música será também trazida à vida com uma interpretação visual do mundialmente conhecido Circa Contemporary Circus, que, liderado pelo Director Artístico Yaron Lifschitz, já animou com as suas intrincadas acrobacias obras de alguns dos mais conhecidos compositores da história, incluindo Stravinsky e Mozart. Um novo desenho cénico arrojado será criado para a produção de William Reynolds.

«É espantoso pensar que já passaram 50 anos desde que comecei a escrever “Tubular Bells”, e estou comovido por a minha música ter chegado a tantas pessoas, em todo o mundo, durante este tempo. Trabalho com Robin A Smith há quase 30 anos, desde que apresentámos “Tubular Bells” no Castelo de Edimburgo, através de muitas actuações e gravações diferentes que culminaram nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012. Quando comecei a pensar em reinventar “Tubular Bells” para actuações ao vivo com dançarinos e acrobatas – e claro, música ao vivo, era Robin que eu sabia que poderia realizar esta visão. Estou emocionado por isto estar finalmente a chegar ao palco e não confio mais em ninguém para reimaginar o meu trabalho desta forma», afirmou Mike Oldfield.

«Estou certo de que a experiência do concerto ao vivo do 50º aniversário de Tubular Bells será espectacular, teatral, fantasiosa e emocionante. Estou tão entusiasmado por estrear em 2021, marcando 50 anos desde que comecei a escrever a música e vou fazer uma digressão pelo mundo até 2023, o 50º aniversário do lançamento do álbum», acrescentou o artista.

Bilhetes à venda aqui.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA