Woodstock em 2019?

Woodstock em 2019?

Tiago da Bernarda

Um dos fundadores anunciou a possibilidade de uma próxima edição a tempo do 50º aniversário do festival.

Michael Lang, um dos fundadores originais do Woodstock, informou que está a trabalhar na próxima edição do festival de música norte-americano.

Prevista para 2019, ano que marcará o 50º aniversário do mítico festival, a edição depende agora de «potenciais parceiros e novos espaços», informa Michael Lang ao Poughkeepsie Journal. De acordo com o organizador, existe uma possibilidade que seja fora dos Estados Unidos.

Lang acrescenta também que parte das suas intenções é de tornar o festival Woodstock num evento anual. «[O Woodstock] é a original e mais famosa marca de festivais de música», justificou Lang. «Se calhar está na altura para isso.»

Esta não é a primeira tentativa de ressuscitar o festival de música. Lang, responsável também pela edição de 1994 e 1999, tentou trazer o Woodstock a Brooklyn, em 2009, a tempo do 40º aniversário do festival e novamente em 2014.

Caso tenha sucesso desta vez, tem três anos para conseguir produzir um holograma de Jimi Hendrix.

EGITANA