Yes Libertam Raridades de “From A Page” nas Plataformas Digitais

Yes Libertam Raridades de “From A Page” nas Plataformas Digitais

Redacção

Yes anunciam edição digital do conjunto de mini-caixas ao vivo e de estúdio “From A Page”. Inclui raridades.

“From A Page” inclui quatro gravações feitas pelo line-up constituído por Chris Squire, Alan White, Steve Howe, Oliver Wakeman e Benoit David entre 2009 e 2010, que não foram depois utilizadas em “Fly From Here”, de 2011.

As quatro canções, “To The Moment”, “Words On A Page”, “From The Turn Of A Card” e “The Gift Of Love” foram todas em grande parte escritas por Oliver Wakeman, que foi expulso da formação da banda e substituído por Geoff Downes antes da gravação de “Fly From Here”.

O novo material apareceu inicialmente num lançamento em vinil exclusivo da Burning Shed e também como o primeiro disco de um conjunto de três mini-caixas de discos que também apresentava o álbum de 2011 “From The Present – Live In Lyon”, lançado em 2019.

«Após a morte de Chris Squire, senti que a nova música que tínhamos criado, mas que não tinha sido editada, deveria ser ouvida e não ficar inacabada numa prateleira», diz Oliver Wakeman. «E com o entusiasmo de Steve, Alan e Benoit pelo projecto, sinto-me orgulhoso de saber que esta música vai poder ver a luz do dia e, esperemos, ser apreciada pelos fãs dos Yes como uma peça da história».

O baterista Alan White acrescenta: «Estou satisfeito por ver uma jóia da história dos Yes a tornar-se realidade, sob a forma deste conjunto de mini-caixas. São novas canções do passado e espero que possamos encontrar ainda mais música nos arquivos para lançamentos futuros».

A versão digital também inclui uma nova edição de “To The Moment”, cujo vídeo podes conferir mais abaixo. Podes obter “From A Page” aqui e ouvir a colecção de 20 canções no player depois do vídeo.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA