50 anos Marco Paulo | 5 perguntas aos The Sunflowers

50 anos Marco Paulo | 5 perguntas aos The Sunflowers

Tiago da Bernarda

No ano que marca o 50º aniversário da carreira de Marco Paulo, a Arte Sonora convidou músicos de vários géneros para responder a umas perguntas… amorosas.

João Simão da Silva está de parabéns! Marca este ano o 50º aniversário desde que iniciou a sua carreira musical como Marco Paulo, um nome ainda hoje ressoante, que singrou com uma das vozes mais distintas no que, hoje em dia, entendemos como música popular. Isso traduz-se em mais de 4,5 milhões de discos vendidos, ao longo de todos estes anos. A sua “Tour 50 anos” encerrará no final do ano, com datas marcadas no Coliseu do Porto, a 19 de novembro, no Multiusos de Guimarães, no dia 1 de dezembro, e no Campo Pequeno, em Lisboa, no dia 10 de dezembro.

Para celebrar a ocasião, a Arte Sonora desafiou músicos de vários géneros musicais a responder a perguntas inspiradas pelas canções daquele que tanto deu à música portuguesa.

Os The Sunflowers conseguiram superar o desafio e ainda recebem algum crédito extra pelos factos que debitaram sobre Marco Paulo. A banda de garagem do Porto, agenciada pela Pointlist, têm muito carinho pelo fuzz e não têm medo em mostrá-lo. No ano passado, deixaram-nos uma cassete maneirinha que nos abriu o apetite para um longa duração, preferencialmente ainda este ano. Carolina, membro fundador da banda, foi destacada como uma das artistas femininas portuguesas que nos dão música, mas foi o Carlos quem respondeu às perguntas.

Quais são as tuas taras e manias em estúdio?
Deixar 3 ou 4 músicas por fazer e decidir a estrutura, o som e a letra no momento em que se carrega no REC. Deixar tudo para a última é normal, não é? Não sou só eu?
Sabias que o Marco Paulo ficou em 3º no Festival da canção da Figueira da Foz mas mesmo assim a Valentim de Carvalho quis gravar-lhe um disco? Nunca desistam dos vossos sonhos, miúdos.

Quais são os teus dois amores?
A Carolina e a fugaz sensação de prazer que advém de terminar um concerto com suor de outras pessoas na guitarra. Depois vem o nojo. Estranhamente, com o Marco Paulo é o contrário.
Sabias que só em 2007 é que lançou um disco só com originais. É um safado aquele Marco.

Que gear aquece o vosso maravilhoso coração?
O meu querido fuzz porque é uma lady na mesa e acreditem: é uma louca na cama.
Sabias que ele não gosta da canção “Eu Tenho Dois Amores”? Acha que é demasiado repetitiva. Eu cá acho que está bastante kraut.

Sempre que brilha o sol...
Saco da cerveja e bebo com o grande João Simão da Silva.
Sabias que ele tem perto de 60/70 discos lançados? Ouvi dizer que o Ty Segall anda a tentar igualar isso mas não consegue. Eu tenho um single dele que veio com um poster. Pendurei-o na parede e tudo.

O que gostarias de pedir a Nossa Senhora?
Muitos anos de vida a um dos nossos portugueses preferidos e a oportunidade de beber um bagaço com ele.
Qmd Sunflowers a abrirem Marco Paulo.

Lê as respostas amorosas de: BOCA DOCE | D’ALVA | KEEP RAZORS SHARP  | THROES + THE SHINE

FENDER