7 canções para a estação das flores

7 canções para a estação das flores

Timóteo Azevedo

Com o sol a dourar os dias agora mais longos, as flores crescem sob a luz diferente da Primavera. É provavelmente a estação do ano que mais inspira e que mais é usada como metáfora em canções por esse mundo fora. Podiam ser outras dentro das milhares existentes que aludem, de certa forma, à estação das flores, mas foram estas que seleccionámos. Venha a nós o sol.


Nick Drake – Cello Song // Apesar de uma certa melancolia que transparece na obra de Nick Drake, acima de tudo pelas letras, todo ele tem um “quê” de primaveril. Atenção: ouvir esta música pode tornar-se improdutivo. Quando damos por nós, estamos em pleno momento daydreaming, com os pés descalços sobre relva fresca a apanhar rasgos de sol por entre ramos de árvores.

 

https://www.youtube.com/watch?v=KkhXTSYy8Yk
Bill Evans – Spring is Here // Dias mais prolongados, servidos de finais de tarde de sol bem temperado. “Spring is Here”, anuncia assim Bill Evans num piano suave.

 


The Beatles – Here Comes The Sun // O sol. Esse antigo astro, outrora idolatrado, que, ao longo dos tempos, foi-se fixando na nossa cultura como sinal do início da Primavera, e também de vida. De alegria. “Here comes the sun, and I say It’s all right”

 


Tim Maia – Primavera (Vai Chuva) // Tim Maia, esse rei da soul da língua portuguesa, associa a Primavera ao amor, naquele tom barry-whiteano que, com a mesma eficácia que o sol aquece a Terra, assim faz amolecer o coração.

 


Zeca Afonso – Coro da Primavera // Primavera também pode ser significado de revolução. E quem melhor do que Zeca Afonso para nos falar sobre isso?

 


Norberto Lobo – Lúcia Lima // Norberto Lobo, na sua mestria dedilhada, dá-nos em “Lúcia Lima” o belo som de acompanhamento para um chá saboreado numa tarde fresca de Primavera.

 


The Four Freshman – Their Hearts Were Full of Spring // Canção original pelos The Four Freshman, que os The Beach Boys ajudaram a popularizar, que nos mostra que a vida tem outro significado quando “temos o coração cheio de Primavera”.

FENDER