AS10 “Hot” vídeos!

AS10 “Hot” vídeos!

Nero

A Primavera ainda não nos deu muito calor, devia haver uma estação do ano da Arte Sonora.

Um vídeo single tem mais sucesso em proporção à “pele” mostrada no mesmo? Haverá certamente quem diga que não, contudo a sensualidade é um truque fácil (e certamente bem-vindo) para fixar o sucesso de um single. Essa é aliás uma ideia que parece transversal aos géneros musicais, desde os pioneiros do hard rock ao R&B, da pop à dance music, a sensualidade vende, ponto final.

CHRIS ISAAC – WICKED GAMES // Este vídeo eternizou a modelo Helena Christensen em uma ou duas gerações masculinas.

 

BEYONCE & SHAKIRA – BEAUTIFUL LIAR // Duas rainhas da pop imortalizadas num frente a frente de danças orientais. Não haveria forma de escolher, portanto o melhor seria mentir.

 

SHAKIRA – SHE WOLF // Felizmente, a diva latina decidiu exibir-se sem concorrência de atenções.

 

BEYONCE – NAUGHTY GIRL // Felizmente, a diva afro-americana decidiu exibir-se sem concorrência de atenções.

 

CIARA FEAT. LUDACRIS – RIDE // O vídeo foi banido na MTV, ao que parece a parte em que o touro mecânico é montado não cumpria as regras de segurança da “associação norte-americana de rodeos”.

 

LIFELIKE & KRIS MENACE – DISCOPOLIS // O realizador Seb Janiak é famoso por vídeos dos Daft Punk ou Robbie Williams, trabalhos que sempre pareceram obras de arte até aquele ter filmado Lily Tenue.

 

ERIC PRYDZ – CALL ON ME // O vídeo que, eventualmente, mais desilusão terá criado entre os utentes masculinos de ginásios.

 

PROBOT – SHAKE YOUR BLOOD // Dave Grohl, Lemmy Kilmister e Scott “Wino” Weinrich são, possivelmente, o power trio na história do rock.

 

KYLIE MINOGUE – SPINNING AROUND // As mulheres não se medem aos palmos, muito menos quando usam tons dourados.

 

MÖTLEY CRÜE – GIRLS GIRLS GIRLS // A mãe dos videos misóginos?…