AS10: Mais Livros Imperdíveis

AS10: Mais Livros Imperdíveis

Redacção

Numa era em que passamos demasiadas horas em frente a um ecrã e em que o digital é a “cena”, na AS continuamos a gostar do velhinho papel.

Deixamos mais 10 sugestões de livros relacionados com a música (ou músicos) que deviam andar a ler. Do imortal Bowie, não haverá na verdade livros em excesso sobre a espantosa carreira do “Camaleão”, ao Zé Pedro, a rockstar nacional que deixou o país de luto, passando por Metallica, Bod Dylan e Bruce Dickinson que regressam a Portugal este ano.


1.Justice For All: A Verdade Sobre os Metallica | Joel McIver | Colecção Música A Ferro e Aço
Os Metallica são uma das maiores bandas de sempre! Goste-se ou não. Esta é considerada como uma das melhores biografias dos Metallica. Joel McIver é jornalista e fã da banda, mas este livro não é uma biografia oficial, e provavelmente por isso é tão interessante. Foi escrito em 2004 e actualizado em 2009,  McIver completou a obra com a última actualização em 2014, que inclui as informações mais recentes acerca da banda.  Napster, Playboy, desintoxicação, St. Anger e o álbum Lulu com Lou Reed, tudo isso é coberto por esta edição actualizada que apresenta novo material acerca dos seus concertos no mesmo cartaz com os Slayer, Megadeth e Anthrax.


2.“George Harrison: À Porta Fechada” | Publicações A Ferro e Aço
A editora de livros A Ferro e Aço editou aversão portuguesa do livro dedicado ao membro mais hermético do Beatles, George Harrison. “À Porta Fechada” foi escrito por Graeme Thomson, tem um total de 400 páginas, e segue os passos de Harrison desde o minúsculo terraço de Liverpool onde o artista nasceu até à opulência excêntrica de Friar Park, a sua mansão neo-Gótica com 120 quartos, passando por Hamburgo, e pelos territórios himalaios e refúgios hawaianos.



3.Bowie: Uma Biografia Sentimental | Wendy Leigh | A Esfera dos Livros
Já passaram praticamente dois anos desde que David Bowie nos deixou. Esta biografia acompanha-o enquanto homem, enquanto artista, enquanto amante e enquanto marido. Relata-nos o seu percurso pessoal de uma forma aprofundada. «Entre familiares e managers, músicos e agentes, amantes e amigos, fala-nos da sua infância na Londres do pós-guerra, no peso da família para a formação da sua personalidade, nos anos de luta até chegar ao estrelato, nas aventuras com drogas, na conquista da América ou nas suas genuínas preocupações pelos problemas dos outros»

4. Bob Dylan – Canções – Volume I (1962-1973) | Bob Dylan | Relógio D’Água
Como aconteceu com tantos outros músicos, Bob Dylan procurou nos agitados anos 60 novas vias de expressão, dando voz aos deserdados e abordando as suas experiências pessoais. Mas desde muito cedo as suas composições integraram e revitalizaram também as tradições musicais norte-americanas, as baladas do Norte e os blues do Sul, Dylan procedeu assim a uma renovação musical que se prolonga até aos nossos dias, absorvendo e expandindo velhas tradições e levando a literatura ao rock ‘n’ roll. Uma das suas músicas (‘Like a Rolling Stone”, de 1965) tem sido repetidamente considerada como uma das melhores canções de sempre. Este primeiro volume reúne as suas composições de 1962 a 1973. Está também disponível “Canções Volume II (1974-2001).


5. Mick Jagger | Philip Norman | Edições Asa
É descrita como sendo «a mais ambiciosa e completa biografia de Jagger até à data.» Philip Norman refaz os passos da sua consagração e revela como ele se tornou um semideus do rock, escandaloso e milionário. A partir de uma pesquisa minuciosa e de inúmeras entrevistas, Norman reconstitui a infância de Mick: de rapaz dos Home Counties, passando por rebelde sem causa, sensação do rock da década de 1960, Casanova, Anticristo até ídolo global. O autor acompanha com espantosa intimidade o mito do inimitável vocalista dos Rolling Stones, a evolução da banda, a criação de clássicos como «Satisfaction», «Jumpin` Jack Flash», «Brown sugar» e «Start me up», numa extraordinária viagem cheia de escândalos e conspirações, temporadas na prisão, hordas de admiradoras e um título de cavaleiro. 

6. O Povo que ainda Canta | Música Portuguesa A Gostar Dela Própria | Tradisom
Esta edição limitada contém para além do livro, 8 DVD’s, onde poderás visualizar a série completa da RTP 2 “O Povo que Ainda Canta” e como bónus traz ainda um VideoCancioneiro com filmagens que não foram emitidas na RTP, bem como o roteiro das viagens do realizador Tiago Pereira. A memória colectiva é algo que se deve continuar a guardar.

7. Na Palma da Mão: Jorge Palma – Biografia oficial | Pedro Teixeira | Prime Books
Em quatro décadas conseguiu fazer tudo ao contrário do que ditam as normas clássicas para uma carreira musical eficaz. Assumiu os seus defeitos, as suas fragilidades, seguiu o instinto de se perder na estrada, empolgou-se com a noite e excedeu-se nos consumos. Com fotos inéditas, esta é uma biografia que contou com a colaboração próxima do próprio músico e de um vasto conjunto de familiares, amigos e colegas de profissão.

8. Bruce Dickinson: What does this button do | HarperCollins NonFiction
A autobiografia do vocalista dos Iron Maiden saiu em Outubro. Dickinson usa a sua criatividade sem par, paixão e humor anarquista para revelar algumas das fascinantes histórias de sua vida, incluindo os seus 30 anos com os Iron Maiden, a sua carreira solo, a sua infância no estranho sistema de educação inglês, as suas primeiras bandas, a sua família e a recente batalha contra o cancro. Ousado, honesto, inteligente e muito engraçado, este livro de memórias é um olhar dentro da vida, do coração e da mente de um dos mais únicos e interessantes homens do mundo; um verdadeiro ícone do rock. Para além de ser o eterno vocalista dos Maiden, Bruce foi piloto, empresário da aviação, cervejeiro, orador motivacional, guionista, escritor, locutor de rádio, actor de televisão e ainda esgrimista. “What does this button do” está disponível em livro e em audiobook. Ainda sem versão portuguesa disponível.


9. Bizarra Locomotiva: Livro Negro | Pedro Almeida | Rastilho de Letras
“Livro Negro” é uma fotobiografia dos Bizarra Locomotiva da autoria do fotógrafo Pedro Almeida. Inclui textos de António Freitas, Fernando Ribeiro, , José M. Rodrigues, Miguel Tiago, Nuno Calado, Zé Pedro, entre outros. Tem ainda uma contribuição do Nero, editor da AS. Nas palavras do autor: «
Recordo-me que na altura em que estudava no IPF, tinha um trabalho de final de curso para apresentar. Sendo os Bizarra Locomotiva uma banda pela qual tenho uma grande devoção, abordei-os com a intenção de fotografar alguns espectáculos do ciclo promocional do “Álbum Negro” para o meu trabalho de final de curso. A banda mostrou-se receptiva e passei a acompanhá-los, primeiro nos ensaios e posteriormente na estrada. Esta convivência mais íntima proporcionou inúmeros momentos de adrenalina pura, algo que jamais irei esquecer. Serei escumalha até morrer!»

 

10. Não Sou o Único | Helena Reis | Editorial Presença
Zé Pedro será sempre recordado como um dos maiores rockers portugueses de sempre. Helena Reis é a irmã de Zé Pedro, e quem melhor para escrever uma biografia sobre ele. Em “Não Sou o Único” viajamos à sua infância festiva e luminosa, aos Verões intemporais na praia do Vau, aos anos da adolescência nos Olivais, ao estonteante começo dos Xutos & Pontapés, aos amores vividos e sonhados, às conversas lânguidas e intermináveis no alpendre da casa de Melides, aos grandes sucessos da banda e ao fervor dos fãs, ao Johnny Guitar e ao panorama musical da época, às incontáveis tournées pelo país e estrangeiro… e sempre às muitas e belíssimas histórias que o acompanharam e ainda nos encantam.

PODES AINDA CONSULTAR MAIS 10 SUGESTÕES DE BIOGRAFIAS, AQUI.