AS10 Músicos que Também são Actores

António Maurício

Quando o talento chega e sobra para a sétima arte.

A música é uma excelente ferramenta de expressão, com um poder criativo enorme que anda de mãos dadas com a indústria cinematográfica. Necessitamos de uma música animada para uma cena de festa, necessitamos de uma balada para um cena íntima, necessitamos de uma música agressiva para uma cena radical, necessitamos de uma música calma para uma cena séria. As bandas sonoras são cuidadosamente seleccionadas e produzidas por produtores e colaboradores. Os realizadores transformam a imaginação em realidade. E por vezes, os músicos apercebem-se do seu poder de representação, com personalidades alternativas e sentimentos fantasiosos. Conhece 10 músicos bem-sucedidos que também deixaram a sua marca artística na indústria cinematográfica.

David Bowie | Bowie, além dos múltiplos êxitos musicais ao longo da sua carreira, participou com bastante frequência em produções audiovisuais. De acordo com a sua página no IMDB, acumula um total de 77 participações como ator. Além disso, também marcou diversas presenças em formato cameo/aparição. Destacamos o papel principal em “Labyrinth”, “The Man Who Fell to Earth” e os papéis secundários em “Zoolander” e “The Prestige”.

Björk | A artista islandesa, com mais de três décadas de experiência no ramo da música, é reconhecida por trabalhos vanguardistas no estilo pop/eletrónico e imagem única e excêntrica. No ramo do cinema, foi personagem principal e compôs a banda sonora do musical “Dancer in the Dark”, do realizador Lars Von Trier. Também representou em “Glerbrot” e “The Juniper Tree”.

Jack White | Em 2002, Jack White ganhou notoriedade mundial com o projeto The White Stripes. A dupla com Meg White deu fruto a músicas como “Seven Nation Army”, “Hardest Button to Button” ou “Icky Thump”. Atualmente, segue uma carreira musical a solo e soma inúmeros cameos/aparições em filmes, séries e documentários. Destacamos as (curtas) representações em “Walk Hard: The Dewey Cox Story” ou “Cold Mountain”.

James Murphy | O líder dos LCD Soundsystem foi o compositor do filme “Greenberg” e desenvolveu as bandas sonoras para filmes como “Her”, “The Family” ou “The Heat”. Na parte da representação pura, estreou-se no filme “The Comedy”, um filme de comédia marcado pela ironia.

Beyoncé | Uma das maiores estrelas pop mundiais também tem tempo para decorar falas. Beyoncé considera o filme “Dreamgirls”, editado em 2006, a sua primeira experiência na sétima arte, apesar de anteriormente ter executado outros papéis e cameos/aparições. Participou posteriormente no drama “Obsessed”.

Childish Gambino | O multi-talentoso Donald Glover pode ser considerado o caso inverso desta lista. A sua carreira profissional arrancou como actor e só em 2008 editou a sua primeira mixtape. O primeiro álbum de estúdio, “Camp” (2011), define-se como hip-hop mas “Awaken, My Love” (2016) apresenta um estilo soul psicadélico, funk e R&B. Na sétima arte é reconhecido pela prestação na série “Community”, pela criação da série “Atlanta” (onde é inclusive personagem principal) e será brevemente uma das personagens principais em “Solo: A Star Wars Story”.

Prince | Mais de 100 milhões de discos vendidos por todo o mundo e estrela de cinema em 1984. O filme “Purple Rain” foi protagonizado e sonorizado por Prince, com o desempenho do papel principal e a criação da banda sonora (que venceu o Grammy de melhor banda sonora em 1985). Dois anos depois volta a representar no filme “Under the Cherry Moon”, desta vez realizado por si próprio. O trabalho duplo como realizador e actor continuou em “Sign o’ the Times” e “Graffiti Bridge”.

Mick Jagger | O vocalista dos The Rolling Stones soma mais de 20 participações pessoais em produções audiovisuais. Inclusivamente, desempenhou sete vezes o papel de produtor, com a série “Vinyl” a ser o mais recente exemplo. Jagger representou a personagem Luther em “The Man from Elysian” e Turner em “Performance”, dois papéis que foram definidos como principiais.

Cher | Podemos concluir que Cherilyn Sarkisian é uma mulher ocupada. Entre música, literatura, negócios ou moda, encontra tempo para aventuras como actriz. Não faz por menos, assumindo a personagem principal em “Moonstruck”, “Burlesque”, “Mermaids” e “Suspect”. Um talento versátil que recebeu o Oscar de Melhor Atriz pelo trabalho em “Moonstruck”.

Frank Sinatra | A carreia musical da grande “Voz” foi (e continua a ser) bastante aclamada, mas o amor simultâneo pelo cinema valeu-lhe um carreia cinematográfica invejável a qualquer actor. Sinatra foi personagem principal em filmes como “The Manchurian Candidate”“Some Came Running” ou “Pal Joey” e foi nomeado para sete Oscars e Globos de Ouro. Venceu seis pelas prestações em “From Here to Eternity”, “Pal Joey”, “The Man with the Golden Arm” e “The House I Live In”.