D10S: Maradona (1960-2020), Ícone Pop

D10S: Maradona (1960-2020), Ícone Pop

Nuno Sarafa

Morreu Diego Armando Maradona. Maior futebolista de todos os tempos inspirou gente para lá da bola. Do punk ao rock, da cumbia ao reggae, muitos foram os artistas que o cantaram.

Um dos maiores jogadores da história do futebol, senão o maior génio de sempre da bola, Diego Armando Maradona, faleceu quarta-feira, 25 de Novembro, aos 60 anos, após sofrer uma paragem cardiorrespiratória na sua residência na Argentina.

Genial e controverso, como qualquer predestinado que se preze, Maradona foi tão grande que lhe chamaram Deus e o seu nome era muita vezes grafado como “D10S”, aludindo ao número que envergou em todas as camisolas dos clubes por onde passou.

“El Pibe De Oro” influenciou gerações de futebolistas pelo mundo inteiro. Como jogador, atingiu a glória máxima quando venceu o Campeonato do Mundo de 1986, tendo também coleccionado títulos em todos os clubes por que passou, como o Boca Juniors (Argentina), o Nápoles (Itália) e o Barcelona (Espanha).

Maradona conquistou fãs nos quatro cantos do planeta e o mundo música nunca lhe foi indiferente. Tinha, inclusivamente, uma popular canção a si dedicada, “La Mano de Dios”, por Manu Chao. O músico dos Balcãs Emir Kusturica escreveu mesmo uma banda-sonora original para um filme com o seu nome.

Maradona foi tão imenso que a sua vida foi celebrada do rock ao punk. E também cantou.

Em jeito de homenagem, a AS reúne aqui algumas músicas relacionadas com Maradona, eterno ídolo do futebol. Eterno ícone pop.

“La Vida Tombola” – Manu Chao | Numa das músicas mais famosas sobre Maradona, o francês Manu Chao canta sobre a vida do jogador, exaltando como ele vivia fora dos campos, mas também relatando todas as dificuldades, incluindo sua dependência química que atrapalhou o andamento da sua carreira.

“Ho Visto Maradona” – Tifosis Del Rey | A banda de Buenos Aires interpretou a música que a claque do Nápoles fez em homenagem ao eterno craque. A letra da música trata-se de uma verdadeira declaração de amor ao camisa 10. Arrepiante.

“Diego Armando Maradona” – Tony D | Maradona teve um impacto gigante no futebol da Itália. Com o Nápoles, conquistou o campeonato nacional e virou ídolo. O músico italiano Tony D gravou essa música para a coletânea “Forza Napoli”, em 2010.

“Maradona, no Perdona” – Pocho La Pantera | A cumbia é um dos ritmos mais populares na Argentina. Gravada nos anos 90, quando Diego regressava ao seu país, a música destaca o talento do craque, com direito a citar o amor pelo Boca Juniors.

“Maradona” – Armando Quattrone | Mais uma música sobre os tempos de Maradona em Nápoles. A canção mostra a liderança que o argentino teve à frente da equipa quando conquistou títulos com o clube italiano. O vídeo tem imagens do estádio San Paolo, onde o jogador brilhou ao mais alto nível.

“Santa Maradona” (Larchuma Football Club) – Mano Negra | Mais um tema dedicado ao Deus do futebol, agora pelos franceses Mano Negra. O tema faz parte do disco que foi um sucesso de vendas, “Casa Babylon”, de 1994.

“La Mano de Dios” – Maradona | Aqui é o próprio Maradona quem canta “La Mano de Dios”, de Rodrigo Bueno, filmado por Emir Kusturica para o documentário de 2008 sobre o astro.

“Napoli” – Maradona | Outra vez Maradona a cantar, agora o tema “Napoli”, em 1984, no início da sua passagem por aquele clube do Sul de Itália.

Homenagens – Vários | Músicos e bandas argentinas, do rock ao punk e ao blues, prestam homenagem a Diego Armando Maradona. Entre esses artistas estão nomes como Andrés Calamaro, Los Ratones Paranoicos, Attaque 77 e Charly Garcia.

“Maradona Blues Amando a Maradona” – Charly Garcia | Mais um tema dedicado a “El Pibe”, desta vez num blues emocional interpretado pelo argentino Charly Garcia.

“Maradona El Rey del Rock” – Cebola Mol | Tema interpretado pela banda portuguesa humorística Cebola Mol, composta por Filipe Homem Fonseca (Phil Stardust) e Eduardo Madeira (Eddie Stardust), editada em 2003.

“Maradona – António Pinto | A banda-sonora de “Maradona”, documentário de 2019 assinado por Asif Kapadia com música do compositor António Pinto.

Terminamos com um momento inesquecível para os fãs do futebol e de Maradona. A música é “Life is Life”, dos Opus. O momento é o aquecimento antes de um Bayern-Nápoles Munique em 1989, para as meias-finais da Taça UEFA. Maradona estava no topo da sua forma e divertia-se com a bola, dançando, qual malabarista, com os atacadores desapertados. Memorável. Inesquecível. Genial. Assim é Diego Armando Maradona (1960-2020).

FENDER