Kirk Hammett, Rig Rundown

Kirk Hammett, Rig Rundown

Nero

As guitarras e amplificação de um dos melhores e mais influentes guitarristas do heavy metal.

O guitarrista dos Metallica evoluiu, desde os longínquos anos das demotapes nos Exodus, até se tornar, queira-se ou não, um dos guitarristas mais influentes do metal. Também o seu rig tem mudado, ainda que pouco, ao longo dos anos. Revemos o essencial: Kirk Hammett usa preferencialmente o seu modelo ESP KH-2 M-II, a “Boris Karloff Mummy”, que não está disponível no mercado e a KH-2 “Skully”, que é baseada naquele modelo também.

A “Zorlac”, o primeiro modelo do guitarrista comercializado pela ESP,  ficou famosa pela guerra que despoletou com a Jackson, devido à cabeça invertida

Além dessas há vários acabamentos, inspirados em filmes clássicos de terror, como a “Dracula”, “Bride Of Frankenstein”, “Ouija” ou a  “White Zombie”. Tem modelos de assinatura bem reconhecidos como a M-II “Zorlac”, que foi o primeiro modelo do guitarrista comercializado pela ESP e ficou famoso pela guerra com a Jackson, devido à cabeça invertida – o que levou a ESP a manter o seu formato de cabeça, mas virado ao contrário com os afinadores em baixo.

Outra bem iconográfica é a KH-3 Eclipse, em formato Les Paul e com Floyd Rose, com os inlays das aranhas. Além da ESP, o guitarrista usa muitas vezes, nas baladas, uma Gibson Les Paul Custom de 1968 e ainda uma Flying V de assinatura com a marca. Entretanto, Hammett reconciliou-se com a Jackson, tendo um modelo modificado e personalizado da Jackson Randy Rhoads, a RR1T, que usa numa afinação mais grave.  Também nos pickups é fiel aos EMG, com pares 81/81 ou, nos temas em que usa mais sons limpos ou procurar combinar mais harmonizações com Hetfield, 81/60.

Carrega na foto para veres a galeria.

No início, tanto Kirk como James Hetfield, usavam Marshall até, no “Master Of Puppets”, terem experimentado os Mesa Boogie MarkIIC+, ainda que nesse álbum as secções de preamp dos modelos estivessem ligadas a poweramps Marshall. A partir daí fidelizaram-se com os Boogie, com Hetfield a usar por vários anos as cabeças Triple Rectifier e os preamps TriAxis, além disso, nos sons limpos o músico usa o famoso Roland JC-120, o Jazz Chorus. Já Hammett usou, até 2007, os Dual Rectifier da Boogie que trocou pelo seu Randall de assinatura, o RM 100KH.
KirkHammettsRig
Foto de Entrada: Carina Martins