“Mão Verde” de Capicua e Geraldes

“Mão Verde” de Capicua e Geraldes

Inês Barrau

Fomos até ao Jardim Botânico da Ajuda para conhecer e ouvir este novo projecto que junta letras de Capicua às melodias e arranjos musicais de Pedro Geraldes.

No Domingo assistimos à apresentação de imprensa de “Mão Verde” o novo álbum e livro para crianças (mas que não pretende ser infantil) que junta as palavras de Ana aka Capicua às melodias de Pedro Geraldes aka guitarrista dos Linda Martini.

Apesar de ser uma apresentação à imprensa, foi nos avisado “não queremos que nenhum adulto seja deixado sozinho” e por isso mesmo a plateia encheu-se de miúdos e graúdos para comungar o gosto pela música aliado à natureza. As crianças não são o público mais fácil de agradar, dizem o que pensam, deixam o politicamente correcto de fora. Uma plateia cheia de crianças de várias idades foi o que encontrámos e eles lá iam dando a sua sentença. «Porque é que repetes as mesma palavras várias vezes na mesma canção?», «Vi-te num restaurante!», «Dás-me a tua guitarra?». As crianças são mesmo isto, espontâneas.

“Mão Verde” dá 5 a 0 às Xanas Toc Toc e aos Pandas desta vida. Porque é que a música para crianças tem que ser básica? Os jogos de palavras, as lengalengas são para miúdos mais crescidos mas que hipnotizam os rebentos mais novinhos, a música, essa, é deliciosa. Quando damos por nós, está Pedro Geraldes a sacar da lancheira da escola e de lá saem frutos que são nada mais, nada menos do que caixinhas de percussão (Geraldes queremos brincar com a tua lancheira!).

O livro e álbum serão editados em 30 de setembro com o selo Valentim de Carvalho e pretende despertar a atenção para o universo verde que nos rodeia. Fala-se de ecologia, agricultura e alimentação, com a poesia de quem sabe de cor o cheiro das ervas e o perfume das flores. Em baixo podes ver a galeria de fotos do evento.