Quinto Andar: Sam Alone

Quinto Andar: Sam Alone

Tiago da Bernarda

Poli Correia, também conhecido pelo heterónimo Sam Alone, apresentou-se a solo na redacção da Arte Sonora, a promover o álbum “Tougher Than Leather”.

Desde “puto” que vive em Quarteira, bem a sul, e foi lá onde escolheu deixar crescer as suas raízes, mas o seu legado dentro dos Devil in Me e, mais tarde, como Sam Alone & The Gravediggers faz-se um pouco por todo o mundo. Agora com “Tougher Than Leather”, editado mundialmente a 18 de março, pela People Like You Records, a banda volta a percorrer uma vertente folk rock, com temas que abordam o crescimento pessoal, lutas e heróis quotidianos.

Quem é o músico que não quer ter mais gear? É como ter tattoos… Já estás cheio, mas queres mais uma!

Apesar de ser um aficionado de guitarras, confessa-se nada materialista em relação ao seu gear. Consigo trouxe o seu instrumento de eleição, a velha “Working Class Riffle”, um modelo dreadnought Martin DXMAE, para oferecer em acústico “Gardens of Death” e “Another Mile”, e falar sobre aquilo que lhe vai na cabeça sobre guitarras, paternidade, a sua infância e digressões. Uma entrevista de coração aberto!

Captação e mistura de áudio: Tiago Borges (Le Baron Rouge – Rock Hangar)