Synths, vintage pub

Synths, vintage pub

Nero

Pensem nos anos 70 (e para trás) e em synths, e toda a promessa de composições exuberantes e alimentadas por fantasia ou pela idade de ouro do sci-fi, e podem imaginar os anúncios de sintetizadores.

As novidades excitantes de circuitos que desbravaram caminhos na história da música. As máquinas lendárias da ARP Instruments e os seus anúncios eram qualquer coisa, e aquele som “roubado aos deuses” tornou-se um dos pilares da sintetização analógica que, infelizmente, acabou derrubada pelo advento do novo mundo digital.

O poster que convidada os visitantes do NAMM'77 a passar na booth da ARP.

O poster que convidada os visitantes do NAMM’77 a passar na booth da ARP.

O ARP Avatar, de 1977, era um synth controlado por guitarra, um dos primeiros desenvolvidos. O seu som "roubado" aos deuses, foi um flop comercial e, para muitos, o maior responsável para o colapso financeiro da marca, que gastou cerca de 4 milhões de dólares no primeiro ano de produção.

O ARP Avatar, de 1977, era um synth controlado por guitarra, um dos primeiros desenvolvidos. O seu som “roubado” aos deuses, foi um flop comercial e, para muitos, o maior responsável para o colapso financeiro da marca, que gastou cerca de 4 milhões de dólares no primeiro ano de produção.

O Axxe, de 1975, era como uma versão mais compacta do Odissey. O som, segundo a marca permanecia no mesmo sítio, a imaginação do músico.

O Axxe, de 1975, era como uma versão mais compacta do Odissey. O som, segundo a marca permanecia no mesmo sítio, a imaginação do músico.

O Minimoog, de 1970, o rei dos "monofónicos", para a Moog estava tudo dito.

O Minimoog, de 1970, o rei dos “monofónicos”, para a Moog estava tudo dito.

Em 1979, a realidade do Minimoog era esta. Passados estes anos, parece ser a mesma...

Em 1979, a realidade do Minimoog era esta. Passados estes anos, parece ser a mesma…

Outra lenda de 1970, o Korg Delta esteve na alvorada da sintetização.

Outra lenda de 1970, o Korg Delta esteve na alvorada da sintetização.

Nos anos 70 a Sequential Circuits cresceu até ser comprada, em 1987, pela gigante Yamaha. O génio de Dave Smith continua a fazer maquinões ainda hoje.

Nos anos 70 a Sequential Circuits cresceu até ser comprada, em 1987, pela gigante Yamaha. O génio de Dave Smith continua a fazer maquinões ainda hoje.

Foi em 1978 que a Sequential Circuits apresentou no NAMM um dos primeiros sintetizadores analógicos a incluir patch memory. Foi também um dos primeiros synths analógicos polifónicos (máximo de 5 vozes).

Foi em 1978 que a Sequential Circuits apresentou no NAMM um dos primeiros sintetizadores analógicos a incluir patch memory. Foi também um dos primeiros synths analógicos polifónicos (máximo de 5 vozes).

Em 1978 a Roland estava em plena ascensão, contando já com os Genesis (na sua era dourada) como endorses. A marca deixava um conselho...

Em 1978 a Roland estava em plena ascensão, contando já com os Genesis (na sua era dourada) como endorsers. A marca deixava um conselho…

Em 1984 o mundo havia entrado no futuro e Jimmy Page baseara muito das suas composições para a banda-sonora de "Death Wish II" no Roland GR700.

Em 1984 o mundo havia entrado no futuro e Jimmy Page baseara muito das suas composições para a banda-sonora de “Death Wish II” no Roland GR700.