Talkfest’15. Ricardo Bramão: do começo até ao livro

Talkfest’15. Ricardo Bramão: do começo até ao livro

Tiago Varzim

A Arte Sonora esteve à conversa com um dos fundadores do Talkfest (actual director) e da Associação Portuguesa de Festivais de Música (Aporfest): Ricardo Bramão.

Formou-se em Psicologia na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa seguindo a vertente de Recursos Humanos. Posteriormente fez uma especialização da área de Gestão no Instituto Superior de Economia e Gestão – a ponte que lhe permitiu levar o Talkfest 2015 para as instalações do ISEG. Sem um passado na música ou nos festivais, Bramão conta à Arte Sonora que a ideia surgiu entre amigos até se tornar mais séria.

No segmento aqui revelado, Ricardo Bramão conta à Arte Sonora como surgiu todo o projecto, desde as primeiras edições do Talkfest até à constituição da Aporfest no final do ano passado, um passo importante na consolidação do projecto. “Queremos, no fundo, dar dados a esta área“, resume Bramão quanto à missão que os guia, revelando na entrevista as muitas vertentes da Aporfest e do Talkfest. Mais recentemente, a equipa lançou o livro “Festivais de Música em Portugal”, editado pela Chiado Editora, que nos surpreende com algumas revelações: lutas de boxe intervaladas com concertos; o festival em Benfica com Bryan Adams; o, literalmente, “Primeiro Festival de Heavy Metal Português” – e muitas mais revelações que Ricardo Bramão faz à Arte Sonora.

No final fica também a conhecer melhor o fundador da Aporfest com as nossas perguntas rápidas.

FENDER