The Birds of Satan em Streaming na AS

The Birds of Satan em Streaming na AS

Nero

The Birds of Satan, banda liderada pelo baterista Taylor Hawkins (Foo Fighters) lançaram o álbum homónimo em 14 de Abril de 2014. O disco editado pela Shanabelle Records teve estreia exclusiva na Arte Sonora.

Os Birds of Satan são Taylor Hawkins (Alanis Morissette, Foo Fighters) estreia-se como líder e assume as vozes, bateria, teclas e guitarra, sendo ladeado por Wiley Hodgden (baixo) e Mick Murphy (guitarra), dos Chevy Metal.

O disco conta com músicos convidados como Dave Grohl ou Pat Smear, colegas de Hawkins nos Foo Fighters e foi produzido por John Lousteau (Foo Fighters, Danko Jones, Alice In Chains) e misturado por Drew Hester (Foo Fighters, Chicago, Lisa Marie Presley).

O álbum de estreia da banda de Taylor Hawkins (baterista dos Foo Fighters) é uma fantasia rock n' roll. Canções com estruturas e um som que presta vassalagem a gigantes como Sabbath, Deep Pruple, Zeppelin, Beatles ou Aerosmith.

O álbum de estreia da banda de Taylor Hawkins (baterista dos Foo Fighters) é uma fantasia rock n’ roll. Canções com estruturas e um som que presta vassalagem a gigantes como Sabbath, Deep Pruple, Zeppelin, Beatles ou Aerosmith.

O álbum presta-se a um som que homenageia a tradição clássica do rock n’ roll. Desde logo em “The Ballad of the Birds os Satan”, a marcar uns épicos 9 minutos e qualquer coisa e que abre com a bateria a rasgar uma linha de fills sucessivos ou porque não chamar-lhe simplesmente um solo!

Clássico prog-rock, naquele vibe Deep Purple, com uma atitude boogie woogie que ainda pisa os trítonos de Black Sabbath. Queen, Aerosmith, Zeppelin, são nomes que associamos durante a audição. Vale a pena referir que um tema como “Wait Til Tomorrow” veste-se sob a pele de Van Halen, mesmo no solo. De resto, Mick Murphy passa este excelente disco a deixar claro que segue na passada de gigantes como Iommi, Eddie Van Halen, Zakk Wylde ou Randy Rhoads.

“The Birds of Satan” é um romance que versa sobre a era dourada do rock! Na altura da sua estreia, o disco esteve uma semana em pré-escuta exclusiva aqui na AS. Podem recordar o disco no player.