A Fender estreou dois novos modelos Mike Dirnt [Green Day]

Nero

Fender Mike Dirnt Road Worn Precision Bass

Com um estilo fiel aos modelos originais Precision, de 1951, o Fender Mike Dirnt Road Worn Precision Bass surge num corpo em ash [freixo], e visual 3-Color Sunburst ou White Blonde – em ambos os casos o verniz do acabamento surge desgastado para simular, com perfeição, vários anos de uso em palco. Destaque-se, nodesign do corpo, o contorno no antebraço. O braço em si é uma peça de maple [bordo], com um perfil espesso em “C”, encimado por um headstock no estilo clássico das Telecaster de 1951. A escala surge em duas opções,maple ou rosewood [palissandro], ao longo de 20 trastos médio-jumbo num raio de 9.5″. Os dot inlays são pretos, na escala de maple, ou em branco envelhecido, na escala de rosewood.

Na electrónica refulge um explosivo split single-coil custom ’59, em estilo vintage. A saída de jack situa-se no contorno do corpo e nas costas, na junção com o braço, surge a placa de assinatura de Mike Dirnt.

Squier Mike Dirnt Precision Bass

A acompanhar este modelo, a Fender remodelou o Squier Mike Dirnt Precision Bass. O modelo é uma aproximação aos Precision Bass da década de 50 e foi desenvolvido de acordo com as especificações do baixista dos Green Day. Ao já conhecido som volumoso e com o rugido punk pop juntam-se as opções dos novos pickguards: com 4 folhas de Aged White Perloid (no modelo preto) ou 3 folhas Tortoiseshell (no modelo Arctic White). Outro dos retoques surge no reposicionamento do grafismo estrelado da placa na junção do corpo e do braço.

EGITANA