As Guitarras do Marquês

As Guitarras do Marquês

Nero
Inês Barrau

O construtor de guitarras Adriano Sérgio reuniu alguns dos mais celebrados e exóticos luthiers internacionais para criar uma colecção de guitarras construídas a partir de barris de vinho que poderão ter pertencido ao Marquês de Pombal.

“Guitarras do Marquês” é um projecto apoiado pela Câmara Municipal de Oeiras, no âmbito das comemorações dos 110 anos da Região Demarcada do Vinho de Carcavelos, a partir do qual os barris de vinho Villa Oeiras, que poderão ter pertencido ao Marquês de Pombal, servem para a construção de instrumentos musicais. Redescobertos pelo luthier Adriano Sérgio, estes barris, feitos de madeiras exóticas e de valor histórico precioso, ganham agora uma nova vida. A apresentação do projecto contextualiza:

«Em 1755, Lisboa foi quase totalmente destruída por um dos maiores terramotos de que há registo. O acontecimento teve um enorme impacto por toda a Europa, servindo de acelerador para o abrangente movimento histórico que se transformou no Iluminismo. Foram exploradas novas ideias e a destruição do porto de Lisboa levou aos primeiros exemplos de solidariedade entre nações europeias.

Há incontáveis testemunhos do significativo impacto que este desastre natural teve nas mentalidades europeias, cujo eco ainda se faz sentir na forma como vivemos hoje. Poucas coisas sobreviveram ao terramoto, entre essas preciosidades históricas, existe um conjunto de barris de vinho que pertenceram ao Marquês de Pombal. Os tonéis foram recentemente redescobertos pelo luthier português Adriano Sérgio. São feitos de madeiras exóticas e constituem um material de excelência para a construção de instrumentos musicais de igual valor histórico precioso. É aqui que a sua existência ganha uma nova vida.

Juntamente com os Vinhos de Carcavelos (que ficarão com alguns barris para exposição nas suas adegas) e quatro dos melhores construtores de guitarras do mundo (que construíram para artistas como ZZ Top, Kirk Hammett de Metallica, George Benson, entre outros), propuseram-se a desenhar e criar uma série de instrumentos únicos feitos da madeira destes barris, inspirados pela época histórica e pelos acontecimentos consequentes do grande sismo.»

Daqui a um ano serão reveladas as cinco guitarras construídas a partir desta madeira. Rui Veloso e Miguel Araújo animaram a conferência de imprensa que deu a conhecer esta brilhante ideia, que se realizou na Adega do Palácio Marquês de Pombal, em Oeiras.

 

OS LUTHIERS

Adriano Sérgio é um construtor de guitarras e o proprietário da Ergon Guitars e da Guitar Rehab Lisbon. Antes de se dedicar totalmente à construção, Adriano passou 20 anos na estrada com grandes artistas como Anthrax e Ozzy Osbourne [Podem descobrir todo este percurso numa entrevista publicada na Arte Sonora #29]. Desde que deixou a vida de estrada, cria guitarras singularmente únicas e totalmente construídas à mão. Tem vindo a granjear uma reputação crescente como sendo um dos melhores na sua área. www.ergonguitars.com

 

Ulrich Teuffel é um mestre construtor alemão que construiu a sua primeira guitarra acústica aos 13 anos de idade, tendo aberto a sua própria oficina em 1986. É licenciado em design industrial e de media, assim como teoria de arte, teoria dos media e filosofia. Estudado sob a docência de Hartmut Esslinger (designer do Macintosh Apple Inc). Tendo aprendido a trabalhar metal como se fosse madeira durante o tempo que passou na Mercedes Benz, é considerado um dos designers de guitarras mais inovadores deste século. www.teuffel.com

 

Michael Spalt desde a adolescência que é fascinado por guitarras. Depois de fazer carreira em arte e fotografia, começou a sua carreira profissional como construtor de guitarras, há 20 anos, em Los Angeles (Califórnia, EUA). Foi lá que fundou a Spalt Instruments e The LA Guitar Garage. Em 2009, Michael completou uma série de 12 guitarras especiais, The Nouveau Series, em que cada guitarra presta homenagem a um artista do período Art Nouveau. Mais recentemente, apresentou duas instalações na maior exposição mundial da indústria musical, a NAMM Show. Tania Spalt tem um historial nas indústrias de turismo e hotelaria, assim como uma licenciatura em Psicologia. É a co-fundadora e directora executiva da associação EGB (“European Guitar Builders”), assim como da exposição “The Holy Grail Guitar Show” em Berlim (Alemanha). https://www.spaltinstruments.com/

 

Claudia & Claudio Pagelli são construtores de guitarras amplamente estabelecidos sediados na Suíça. Claudio construiu a sua primeira guitarra aos 13 anos e abriu a sua primeira oficina em 1979. Claudio começou por construir sobretudo guitarra eléctricas, e também reparou e restaurou incontáveis outros instrumentos. Eventualmente ficou sob o feitiço da guitarra archtop, o tipo pelo qual é mais conhecido. Ainda assim, aprecia construir guitarras eléctricas, flat tops e baixos, ocasionalmente. Cláudia, a sua mulher, faz parte da Pagelli Guitars há vários anos. Nas palavras do próprio Claudio, «sem o seu dom natural para criar algo belo, as minhas guitarras ainda pareceriam saídas da Idade da Pedra». www.pagelli.com

 

Nik Huber, fundador e director executivo da Nik Uber Guitars, continua uma tradição familiar com mais de 100 anos. Em 1896, uma herança de experiência de trabalho em madeira nasceu ao orgulhoso pai Nikolaus Huber na pequena aldeia no sul do Bavaria. Hoje, Nikolaus Huber IV continua a fazer avançar essa herança sob a forma de guitarras exclusivas. Mais de 100 anos a reunir conhecimento e passá-los ao longo das gerações faz toda a diferença. Actualmente, Nik e 8 construtores altamente especializados constroem cerca de 240 instrumentos por ano. Totalmente
feitos à mão. www.nikhuber-guitars.com