Catalinbread, Novos Pedais Levam-nos de Volta ao Made In Japan com Blackmore

Catalinbread, Novos Pedais Levam-nos de Volta ao Made In Japan com Blackmore

Nero

A Catalinbread Effects revelou os pedais Skewer e Dreamcoat, lançando ambos como uma edição limitada num conjunto dois em um. Os pedais permitem aos guitarristas emular os sons do lendário Ritchie Blackmore, na era Deep Purple e Rainbow.

Usados em conjunto, os dois pedais oferecem uma excelente plataforma para os fãs de Rainbow e Deep Purple tocarem ao estilo do Man in Black. Como aconselha a Catalinbread, não pensem neles como um Blackmore encaixotado, mas sim como uma rampa de lançamento para se trabalhar um saborzinho dos calorosos sons de overdrive de Blackmore, com os dois pedais modelados a partir de duas das suas armas “não tão secretas”.

O Skewer replica o Hornby-Skewes Treble Booster, enquanto o Dreamcoat reproduz as especificação quase exactas do Aiwa TP-1011, o pré-amplificador reel-to-reel preferido de Blackmore para adicionar algum grão e fuzz que lhe dava aquele mojo tão particular.

Podes operar o Dreamcoat como um adoçante sonoro, sacar aquele caloroso crunch dos anos 70 ou ir às profundezas do som buscar aquele fuzz meio abafado. O Skewer, entretanto, funciona da mesma forma que o clone Dallas Rangemaster da Catalinbread, o Naga Viper, mas utiliza um transístor de silício para ataque extra e tem um mod Blackmore através de um controlo interno de volume master para o tornar mais agradável a tocar com o resto do vosso rig.

Tal como o Naga Viper, o Skewer tem uma configuração de três controlos. O Skew ajusta a frequência do boost, por sua vez o Boost ajusta o nível, enquanto o Extra ajusta a quantidade de ganho que se está a espremer daquele transístor de silício. Se precisares de mais “sumo”, bem, roda o botão Extra.

Já o Dreamcoat tem controlos para Freq, Blend, Sat, Mic Vol e Master. Freq trabalha com o trimmer interno. Uma vez definida a frequência através do trimmer, o Freq ajusta a frequência do boost, oferecendo um acréscimo de 10dB. O Blend pega no sinal que sai do Freq e mistura-o com o circuito do Aiwa, controlando a presença da unidade e ajudando a manter o ataque escolhido. Depois, botão Sat funciona como um botão de “gain range” e interage com o Mic Vol e o Blend para definir o carácter do gain. Por fim, o Mic Vol controla o nível de distorção e o Master é apenas isso, um volume master.

O Skewer e o Dreamcoat possuem um visual complementar, operam com fontes de alimentação de 9V DC, e serão lançados como pedais autónomos no próximo mês. Mais detalhes na Catalinbread.

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.
EGITANA