Cliff Burton, Power Fuzz Wah

Cliff Burton, Power Fuzz Wah

Nero

A Morley, em colaboração com Ray Burton, pai de Cliff Burton, homenageou o falecido baixista dos Metallica, através de uma versão do pedal que o músico tornou famoso – o Power Fuzz Wah!

O Power Fuzz Wah é um clássico que combina um pedal wah-wah com um circuito de fuzz. No primeiro álbum da banda, “Kill’Em All” (1983), Cliff Burton imortalizou o modelo no tema “(Anesthesia) – Pulling Teeth”, o “Eruption” da guitarra baixo. Esse era o solo que Burton tocou num concerto de Trauma, quando James Hetfield e Lars Ulrich o viram tocar pela primeira vez.

Hetfield confessa: «Ouvimos este solo insano e pensámos, “Não se vê ali nenhum guitarrista”. Começámos a contar as cordas e virei-me para o Lars e disse-lhe: “Meu, aquilo é um baixo!”».

Na sua configuração, o Wah tem um potenciómetro de nível independente, o Fuzz possui potenciómetros de nível e intensidade e também um switch Modern/Vintage, que permite optar entre dois tipos de fuzz. Os efeitos de Wah e Fuzz podem ser utilizados individualmente ou em simultâneo.

Bill Wenzloff, da Morley, avisa que este pedal não é um reissue. «A versão original Tel-Ray Morley era extremamente grande, possuía um cabo de alimentação integrado, não tinha opção para pilha e, simplesmente, não é adequado para os músicos actuais. O som e timbre, contudo, estão duplicados de forma exacta. A combinação de fuzz e wah é o que deu a assinatura sonora ao Cliff, especialmente quando solava. Queríamos que esse aspecto do pedal fosse o mesmo, mas com visual e características modernas. Este é o pedal mais procurado na história da Morley, estamos honrados por, finalmente, poder disponibilizá-lo para aqueles que o pediram durante todos estes anos».

Mais info, aqui.

fuzz-wah

EGITANA