Como recriar o mítico (e grande) som de tarola de Alex Van Halen

Como recriar o mítico (e grande) som de tarola de Alex Van Halen

Redacção

Rick Beato mostra como recriar o som da tarola de Alex Van Halen no álbum “1984”. Um micro, um pré e alguma gaffa tape.

Há muitos concorrentes para o título de Greatest Snare Sound In Rock, mas há quem diga que o de Alex Van Halen está lá em cima entre alguns dos melhores.

Rick Beato concorda e, num vídeo recente, o músico, youtuber e professor decidiu voltar a sua atenção e recriou o som de tarola de Alex Van Halen no sexto álbum dos Van Halen, “1984”.

Embora não seja específico sobre que álbum pretende recriar, Rick Beato menciona no início do vídeo que gosta particularmente do som de tarola de “1984”, usando a canção “I’ll Wait” como referência”. No vídeo, Rick fala de uma Ludwig Supraphonic 14″x6,5″ e da escolha das peles Remo Clear CS Dot.

Talvez uma das maiores influências no som, no entanto, seja mesmo o “A” com fita gaffa que Rick coloca na pele de baixo da tarola, replicando o que Alex fazia para abafar o estalo. A tarola é micada com um único Shure SM57 no lado superior, passando depois pelo pré-amplificador BAE 1032 e pelo simulador de fita Neve 542 Portico antes de ser capturado em Pro Tools.

O som gravado é então processado com EQ – especificamente cerca de 800hZ, que como Rick e o seu engenheiro Ken ‘GL’ Lanyon explicam, transmite um elemento chave do carácter da tarola – e compressão. Embora existam algumas ligeiras diferenças, o som é muito próximo.

Anteriormente, Rick Beato apresentou as técnicas de micagem de bateria do lendário engenheiro/produtor britânico Glyn Johns. Com três ou quatro micros podem recriar o sonzão de John Bonham ou Keith Moon nos Led Zeppelin e The Who, entre outros gigantes do rock ‘n’ roll. Vê aqui.

Podes ver como tudo é feito no vídeo abaixo e comparar com a versão original do tema em questão, “I’ll Wait” (segundo vídeo).