ESP Guitars Homenageia Alexi Laiho com Novos Modelos de Assinatura

ESP Guitars Homenageia Alexi Laiho com Novos Modelos de Assinatura

Nero

A ESP Guitars vai lançar novos modelos com a assinatura do falecido guitarrista Alexi Laiho (Children Of Bodom). Os modelos Alexi Ripped e Alexi Hexed chegarão em versões LTD e ESP Custom Shop; o primeiro também surge numa versãoE-II.

As guitarras começaram a ser desenvolvidas com a contribuição de Laiho mais de um ano antes da sua morte. O músico finlandês morreu em Janeiro de 2021 aos 41 anos de idade. «Ele estava muito entusiasmado com os novos modelos», refere em comunicado Tony Rauser, Director of Artist Relations da ESP. As guitarras são os primeiros novos modelos na série de assinaturas do guitarrista desde 2013.

A Alexi Ripped é o primeiro dos modelos com assinatura do guitarrista a apresentar mais do que um pickup, com um humbucker EMG HZ F-H2 na ponte e um single-coil EMG HZ S2 no braço. A guitarra tem um design neck-through com corpo em alder e braço (de perfil U) em maple. A escala é de ébano e é escalpada entre o 19º e o 24º traste.

As versões de E-II e ESP Custom Shop têm em grande parte as mesmas características, embora esta última seja construída artesanalmente. Há locking tuners Gotoh, fstrap locks ESP, uma ponte Floyd Rose Original e um switch ESP MM-04 com boost para o circuito activo. Entretanto, a versão LTD possui afinadores Grover, ponte Floyd Rose 1000 e um switch de três vias. É construída na fábrica da ESP no Japão.

Construída em torno de um único EMG HZ F-H2 (humbucker passivo), diz a marca que o modelo Alexi Hexed proporciona «uma excelente presença e clareza com uma resposta incisiva». Este modelo também tem corpo em alder, um braço maple (de três peças) e escala em ébano parcialmente escalopada.

A versão LTD possui afinadores Grover e ponte Floyd Rose 1000 double locking, enquanto que a versão ESP Custom Shop tem afinadores de bloqueio Gotoh, strap locks ESP, ponte Floyd Rose Original e também o switch ESP MM-04 com boost para o circuito activo.

A ESP ainda não revelou o preço nem a data de chegada ao mercado destas novas guitarras.

EGITANA