EVH @ NAMM 2017

EVH @ NAMM 2017

Nero

A EVH, marca do guitarrista Eddie Van Halen (submarca da Fender) revelou uma série de novidades na NAMM’17. Entre os novos produtos contam-se a mais recente topo de gama USA Wolfgang, a Striped Series 5150, um outro modelo “listado” EVH Wolfgang Special e uma nova versão de 15 watts do compacto 5150 (galeria no fundo do artigo).

A Wolfgang USA Edward Van Halen Signature está carregado com os mais recentes specs que o guitarrista usa no seu próprio modelo. Corpo basswood com tampo em maple e binding de cinco folhas, o braço (peça quartersawn maple) possui o exacto perfil do braço usado por Eddie e está reforçado com grafite. A escala em ébano possui raio composto (12”-16”) e 22 trastes vintage em aço inoxidável. Um humbucker EVH Wolfgang em alnico de tipo 2 (ponte) e um novo modelo em alnico de tipo 3 dão voz à guitarra, sendo ambos controlados por um alternador invertido de três posições. Killswitch, e potenciómetros EVH High Friction (Tone) e EVH “HPU” Low Friction (Volume) controlam o som dos PUs. Outras características são os Floyd Rose EVH e o sistema EVH D-Tuna.

A Striped Series 5150 é baseada na famosa guitarra de 1984. Corpo em basswood, com braço bolt-on em quartersawn maple e um perfil “C” modificado, a terminar na cabeça de design “hockey stick”. A escala em maple possui raio composto (12”-16”) e 22 trastes jumbo. O único pickup é um humbucker EVH Wolfgang em alnico de tipo 2. O potenciómetro é um design específico de baixa fricção. Outras características são os Floyd Rose EVH e o sistema EVH D-Tuna, além do holograma com os números 5150 e decalque da estrela no headstock.

A Wolfgang Special Striped Black and Yellow possui corpo (arched top) em basswood e o braço possui as mesmas características do modelo topo de gama, menos a escala que é em maple. Nos pickups está um par de humbuckers da marca em alnico de tipo 2.

LBX significa lunchbox (lancheira) e explica o tamanho micro deste amp de 15 watts. Como sucede com o gear EVH, o amp segue especificações do próprio Eddie e é capaz de emular a demência sonora dos modelos maiores. A secção de possui cinco unidadses 12AX7 e a de potência ferve com um par de EL84. Os canais são somente dois, que coloram o som dentro de tons tradicionais do som de guitarra de Eddie, o EVH Blue “Crunch” e o Red “Full Burn”. Os canais combinam os potenciómetros herdados dos modelos maiores para definir o EQ. Este modelo possui aquele som tão in your face dos modelos maiores, com um ataque tão avassalador como dinâmico. Naturalmente que o som limpo, devido ao menor headroom, se recente nesta versão, mas a agressividade eléctrica da distorção torna o LBX uma escolha inatacável para qualquer sonoridade do hard rock em diante. De resto, a acção da equalização dos canais é muito eficaz, com bastante precisão, ainda que, para poder ter um factor extra nos graves seja aconselhável aumentar o próprio corpo do amplificador com o controlo de Resonance.

O painel possui FX Loop I/O ¼”. Além disso, este pequeno modelo permite imitar o famoso truque Variac-less de Eddie Van Halen – o “brown sound” – ao reduzir a variação de potência para 3-3/4 watts.

(ABRE A GALERIA, EM BAIXO, PARA VER IMAGENS DOS NOVOS PRODUTOS)