Fender In-Ear Monitors, NAMM 2017

Fender In-Ear Monitors, NAMM 2017

Nero

Frank Yi, da FMIC, apresenta-nos a gama de in-ears Fender e as respectivas novidades.

Fazendo uso da sua experiência enquanto protagonista no universo áudio, criador de instrumentos e amplificadores, a Fender criou uma linha de in-ears. A marca continua a apostar em grande nesta nova área e a NAMM 2017 trouxe novidades. Os in-ears Fender possuem drivers de som personalizados e com montagem manual, além de um design universal inovador, que se ajusta a qualquer ouvido humano. Para conceber este design a Fender analisou milhares de orelhas, criando vários moldes até chegar a um equilíbrio ergonómico entre conforto de uso e fidelidade sonora, além de isolamento acústico.

(ABRE A GALERIA PARA VER A COLECÇÃO FENDER IN-EARS)

A nível sonoro, os modelos básicos usam uma única driver bem equilibrada no seu alcance de espectro dinâmico. Os FXA2 possuem uma driver maior (9.25mm), com mais corpo e maior espectro dinâmico e servem, principalmente, para bateristas e baixistas; os FXA5 para teclistas, talvez alguns guitarristas solo e vocalistas; os FXA6 são pensados para a guitarra, com um driver com uma resposta encorpada e bastante articulada, dos graves aos agudos; nos FXA7 pode ouvir-se praticamente tudo, segundo a Fender, até a respiração captada numa gravação é possível ouvir. E a estreia deste ano na NAMM 2017, os FXA9, é a jóia da coroa com 6 drivers de design “balance armature”.

Na NAMM 2017, na booth da Fender, Frank Yi apresentou-nos a Professional In-Ear Monitors Series. Carrega no play e activa as legendas.