George Harrison Tribute Rosewood Telecaster

George Harrison Tribute Rosewood Telecaster

Tiago da Bernarda

A mais recente Telecaster saída da Fender Custom Shop é um sonho tornado realidade para coleccionadores e beatlemaníacos.

A Fender diz: «Esta é possivelmente a Telecaster mais icónica na História da Fender». Em jeito de homenagem, a Fender Custom Shop recriou o famoso protótipo da Rosewood Telecaster que George Harrison utilizou durante as gravações de “Let It Be”, até ao mais pequeno detalhe. A obra deve-se a Paul Waller, que ficou encarregue de examinar a mítica guitarra para voltar a ser reproduzida. Apesar de apresentar uma escala rosewood como tantos outros modelos, há detalhes subtis que separam tanto a original como a recriação de outras guitarras da Custom Shop.

harrison

A guitarra usa exclusivamente madeira rosewood no corpo, braço e escala. Nesta última, a linha de colagem com o braço é visível e dá um ligeiro nuance à guitarra. O braço possui um perfil oval “C”. O nut de 42 mm é maior do que o normal nas Telecasters vintage, o que resulta num ligeiro espaçamento entre cordas e que facilita o dedilhar, tal como permite um som com uma maior articulação. Também o decalque da cabeça está mais junto ao nut e permite outra ergonomia à disposição das cordas.

O hardware é o mais próximo possível ao modelo original, a ponte de três saddles, os 21 trastes jumbo estreitos, os afinadores com o selo “F”… Outras distinções são puramente estéticas. Como é o caso do logótipo ao estilo “spaghetti”, dos anos 60.

harrison-img2

O circuito ostenta um par de pickups Abby Handwound ’68 Tele, controlados por Master Volume e Master Tone, com o switch a permitir três posições (cada um dos single-coil ou os dois somados). A mestria de Paul Waller e a sua sensibilidade ao detalhe, pequenos toques subtis e aqueles pickups hand wound tornam a George Harrison Tribute Rosewood Telecaster uma homenagem única ao lendário instrumento do Silent Beatle.

harrison-img2

Para mais informações, passem pelo site da Fender.