Gibson Cria Assinatura Les Paul Junior de Lukas Nelson

Gibson Cria Assinatura Les Paul Junior de Lukas Nelson

Nero

A Gibson apresentou a Lukas Nelson ’56 Les Paul Junior, modelo de assinatura do guitarrista e filho de Willie Nelson.

A Gibson tem apostado muita da sua refundada reputação no desenvolvimento de novas assinaturas de artistas, como a réplica da Monkey SG de Iommi, a LP de Adam Jones dos Tool ou a anunciada parceria com Jerry Cantrell. Desta vez a marca viajou ao universo da country music e americana para criar a assinatura de Lukas Nelson, filho do lendário Willie Nelson, que editou recentemente o seu 70º álbum, pouco após celebrar o seu 87º aniversário.

A Lukas Nelson ’56 Les Paul Junior é uma réplica tão exacta quanto possível da LP Jr. de Lukas produzida em 1956. Esse modelo original foi a guitarra principal de Lukas durante longos anos. O novo modelo possui algumas características mais contemporâneas.

De acordo com a tradição das Les Paul Junior, o corpo é uma tábua de mogno e o braço, também nessa madeira, apresenta o massivo perfil “bastão de baseball”. A escala é rosewood e a guitarra, naturalmente, possui um singular P90 na posição da ponte, a tailpiece é um design wraparound.

Os afinadores são Vintage Deluxe, com botões brancos a complementar o acabamento acetinado vintage tobacco burst. Apesar do seu visual envelhecido e vintage, os afinadores possui um rácio mais elevado de acção que os originais, para aumentar a estabilidade da afinação.

O p90 possui ímanes Alnico 3 e foi desenvolvido para responder especificamente aos sons preferidos de Lukas Nelson. É controlado pelos botões de volume e tone, este último possui capacitador para emular o comportamento clássico do tone da Gibson. Lukas Nelson descreve mais detalhadamente as specs da guitarra no vídeo disponível no player (fundo do artigo).

Enfrentamos tempos de incerteza e a imprensa não é excepção. Ainda mais a imprensa musical que, como tantos outros, vê o seu sector sofrer com a paralisação imposta pelas medidas de combate à pandemia. Uns são filhos e outros enteados. A AS não vai ter direito a um tostão dos infames 15 milhões de publicidade institucional. Também não nos sentimos confortáveis em pedir doações a quem nos lê. A forma de nos ajudarem é considerarem desbloquear os inibidores de publicidade no nosso website e, se gostam dos nossos conteúdos, comprarem um dos nossos exemplares impressos, através da nossa LOJA.

EGITANA